A Universidade do Adulto Maior do Centro Universitário Metodista - IPA: Um Estudo Etnográfico

S.R. Barbosa, A.I. Chassot
2011 Ciência em Movimento  
A Universidade do Adulto Maior do Centro Universitário Metodista -IPA: um estudo etnográfico The University of Adult Higher Methodist University -IPA: an ethnographic study Este artigo é uma homenagem ao Prof. Dr. Atos Prinz Falkenbach. Ele foi um grande pesquisador que tinha como preocupação o desenvolvimento humano, a inclusão, a acessibilidade, as pessoas com deficiência. Doutor Atos deixou muitos seguidores de seus ensinamentos e estará sempre em nossa memória. Sarisa da Rosa Barbosa¹
more » ... Inácio Chassot² RESUMO Este artigo foi produzido a partir da dissertação homônima de um dos autores. Na escolha do tema foi decisivo o olhar para as Instituições de Ensino Superior (IES) brasileiras e suas práticas sociais de inclusão, es- pecialmente aquelas que se envolvem com práticas de inclusão de adultos maiores. Definiu-se fazer um estudo histórico da Universidade Adulto Maior (UAM) do Centro Universitário Metodista -IPA e suas repercussões sociais, impactos acadêmicos e outros. Esta escolha foi determinada pelo fato da autora da dissertação frequentar o Centro Universitário enquanto aluna de graduação e pós-graduação e ter despertada sua atenção para participantes da Universidade do Adulto Maior. A metodologia foi marcadamente uma abordagem qualitativa etnográfica, na modalidade de estudo caso. Foram utilizadas entrevistas, as observações e a análise documental na coleta das informações. Os resultados do estudo são apresentados em categorias: a Universidade do Adulto Maior: (origem do projeto UAM, Estrutura física / organização, relação entre os programas de extensão e projeto); as relações dos participantes no grupo UAM e a produção acadêmica e social do projeto UAM no Centro Universitário Metodista -IPA: (relação com o grupo UAM do Centro Universitário Metodista -IPA, sobre inclusão através das atividades oferecidas pelo programa, relação com os professores); as percepções dos participantes do projeto UAM: (como os participantes do programa avaliam e compreendem as repercussões pessoais e coletivas, experiências vividas no programa facilidades e dificuldades, a satisfação de praticar as atividades do programa UAM). A pesquisa contribuiu para análise e reflexão sobre o movimento social de inclusão na IES, bem como descrever e avaliar repercussões do referido projeto na IES e nos participantes do Projeto, favorecendo o desenvolvimento relacional entre conhecimento acadêmico e atividades sociais. ABSTRACT This article was produced from a dissertation namesake of the authors. In choosing the theme was turning his gaze to the Higher Education Institutions (HEIs) in Brazil and its social practices of inclusion, especially those who engage in practices of inclusion of older adults. Defined to make a historical study of Adult Higher University (UAM) of the Methodist University of IPA and its social, academic and other impacts. This was chosen because the author's dissertation while attending the University Center graduate student and graduate and have aroused their attention to participants at the University of older adults. The methodology was markedly qualitative ethnographic approach, in the form of case study. We used interviews, observations and document analysis to collect information. The study results are presented in categories: Adult University Major: (UAM project source, physical structure / organization, the relationship between outreach programs and project UAM) The relationship of the participants in the UAM, and research and social UAM project at Methodist University -IPA: (UAM group compared with the Methodist University -IPA, about inclusion through the activities offered by UAM, relationship with teachers) perceptions of the UAM project participants (as participants UAM program assess and understand the impact personal and collective experiences in the program UAM facilities and difficulties, the satisfaction of practicing the program activities UAM). The research contributed to analysis and reflection on the movement of social inclusion in the ISS, and to describe and assess impact of that project at the IES and the project participants, favoring the relational development between academic knowledge and social activities.
doi:10.15602/1983-9480/cmedh.v13n26p111-119 fatcat:rxdoea6bvrevdipq6xhybfhjje