ATUAÇÃO DO ENFERMEIRO NO ATENDIMENTO AOS CUIDADOS CONTINUADOS NA ONCOLOGIA

Maria Fabiana Da Silva, Maria Luiza Rêgo Bezerra
2020 Zenodo  
Introdução: O câncer é considerado o maior problema de saúde pública mundial e sua incidência aumenta a cada ano, principalmente em decorrência do crescimento e do envelhecimento populacional. Em muitos casos a ausência de cura incita o estabelecimento de práticas de cuidado paliativo com foco na qualidade de vida e manutenção do conforto do paciente. O enfermeiro ocupa um papel central neste processo, executando cuidados de saúde humanizados e adaptados às necessidades do doente em tratamento
more » ... ente em tratamento oncológico. Objetivo: Compreender a importância da atuação do enfermeiro nos cuidados continuados da oncologia e levantar implicações de formação e capacitação do enfermeiro na assistência aos pacientes. Método: Revisão integrativa de natureza exploratória de artigos científicos nacionais e internacionais publicados entre 2015 e 2020. Resultados: A partir da análise e seleção de dez artigos, a maioria dos estudos indicou que a prática do enfermeiro é focada no desenvolvimento, autocuidado e independência dos indivíduos em atividades diárias, envolvendo familiares e cuidadores na reabilitação por meio de práticas educativas em saúde. Outro aspecto foi a deficiência na formação acadêmica do enfermeiro. Conclusão: A atuação do enfermeiro em cuidados continuados integrados na oncologia é central. Ressalta-se a necessidade de formação adequada ao enfermeiro, tanto para prover ao estudante de enfermagem subsídios acerca dos cuidados paliativos, propiciando a escolha por uma qualificação especializada posterior, quanto a prestar uma assistência eficaz em sua rotina profissional.
doi:10.5281/zenodo.3895186 fatcat:o5vkqbjp2rgare5urqje6qxygq