Filosofia seiscentista: a descoberta da subjetividade?

Marilena Chauí
2019 Revista Limiar  
Que a filosofia do Século XVII afirma a autonomia da razão é inegável. Ao liberá-la da Revelação e dos dados imediatos da sensibilidade, afirma que o pensamento precisa e deve encontrar em si mesmo o caminho do verdadeiro, ou seja, instituir um método de investigação da verdade que assegure a marcha contínua e correta do pensar. No entanto, seguindo posição de Merleau-Ponty de que a subjetividade só é descoberta quando a consciência reflexiva se torna a forma canônica do Ser, não poderemos
more » ... não poderemos falar de filosofia da subjetividade para determinar o núcleo da filosofia do Século XVII. A descoberta do conceito de subjetividade é um feito do idealismo alemão, de Kant.
doi:10.34024/limiar.2018.v5.9786 fatcat:tzkgttsuajd4vljmi2m4fhkwp4