Modelos espectrais terrestres e orbitais na determinação de teores de atributos dos solos: potencial e custos

José Geraldo Sousa Junior, José A. M Demattê, Suzana Romeiro Araújo
2011 Bragantia  
O uso de técnicas de sensoriamento remoto nos estudos de solo é relativamente recente e pode abrir novos campos nesta área. Objetivou-se com este trabalho estimar atributos químicos e físicos de solos da região de Ibaté e São Carlos (SP), por meio de equações de regressão linear e múltipla, geradas a partir de informações eletromagnéticas captadas por sensores instalados em laboratório e satélite. Foi realizada uma análise da viabilidade econômica da utilização de sensores na quantificação de
more » ... ementos do solo em comparação ao método convencional de análises de solo. Para tanto, foram georreferenciadas e realizadas análises espectrais em laboratório (sensor FieldSpec, 400-2500 nm) e por sensor orbital (ASTER) de 319 amostras de terra. Assim, elaboraram-se modelos de predição para atributos de amostras de terra desconhecidas, nos dois níveis de aquisição. Foi possível quantificar o teor de argila (R² = 0,69) e areia (R² = 0,53) do solo, utilizando-se a energia eletromagnética refletida e mensurada por sensor terrestre. Através do sensor orbital obtiveram-se coeficientes de determinação de 0,45 e 0,41 para areia grossa e areia total respectivamente. Verificaram-se que a análise de atributos do solo por sensores pode ser um método menos oneroso, mais rápido e não poluente, como apoio ao método tradicional de análise de terra.
doi:10.1590/s0006-87052011000300017 fatcat:wwq3sefh3jas5ncqe626bbvxsa