Parâmetros biológicos do estágio larval de Amblyomma cajennense (Fabricius, 1787) (Acari: lxodidae) em coelhos

Márcia Cristina de Azevedo Prata, Luciano da Silva Alonso, Argemiro Sanavria
1997 Revista Brasileira de Ciência Veterinária  
Resumo Objetivando maiores informações sobre as fases parasitária e não parasitária do Amblyomma cajennense; foram coletadas 473 fêmeas ingurgitadas provenientes de eqüinos. As fêmeas ingurgitadas pesavam, em média, 601 ,96 ± 161 ,01 mg e realizaram posturas entre 100 e 444 mg, com média de 286,36 ± 91 ,85 mg. A fase não para· sitária foi avaliada sob condições controladas de laboratório (temperatura de 27°C, umidade relativa do ar superior a 70% e 12 h de fotofase). Para cada 1 g de fêmeas
more » ... a 1 g de fêmeas ingurgitadas correponderam 507,88 ± 88,61 mg de postura. O período de pré-oviposição oscilou entre 4 e 7 dias, com média de 5,30 ± 1 ,02 dias; a incubação dos ovos foi realizada em média em 33,04 ± 1 ,69 dias e o período de pré-eclosão foi de 37,94 ± 1,48 dias. A fase parasitária foi acompanhada a partir de infestações experimentais em coelhos, utilizando-se larvas de 3 a 18 dias de idade, provenientes das posturas das fêmeas coletadas. O ingurgitamento larval foi realizado entre 4 e 6 dias, com média de 5 dias. O período compreendido entre o desprendimento da metalarva e o término da ecdise larva/ninfa foi de 11 ,29 ± 1 , 19 dias e não foi afetado nem pelo sexo nem pela cor da pelagem do coelho utilizado para ingurgitamento larval. Do total de metalarvas obtidas, 95% completaram a ecdise.
doi:10.4322/rbcv.2015.059 fatcat:jxczlwh5c5glvhjxfchttpufpy