Lobação do fígado e distribuição intraparenquimal da veia porta no preá (Galea spixii Wagler, 1831).DOI: 10.5007/2175-7925.2011v24n3p105

Gleidson Benevides Oliveira, Márcio Nogueira Rodrigues, Roberto Sávio Bessa Silva, José Fernando Gomes Albuquerque, André Menezes Vale, Carlos Eduardo Bezerra Moura, Moacir Franco Oliveria
2011 Biotemas  
A lobação do fígado e a distribuição intraparenquimal da veia porta foi descrita com base em estudos realizados em 10 exemplares de preás. A veia porta foi canulada e perfundida com solução de acetato de vinil e o fígado imerso em solução de ácido sulfúrico para obtenção de moldes vasculares. O fígado apresentou cinco lobos, que foram denominados lobos lateral esquerdo, medial esquerdo, quadrado, lateral direito, medial direito H FDXGDGR FRP VHXV SURFHVVRV SDSLODU H FDXGDGR $ YHLD SRUWD DR
more » ... UDU QD ¿VVXUD SRUWDO GLYLGLDVH HP GRLV ramos, um direito e outro esquerdo. O ramo direito emitia ramos isolados ou por tronco comum aos lobos lateral direito e ao processo caudado do lobo caudado. Já o ramo principal esquerdo da veia porta dividia-se em dois outros ramos. Um dos ramos formava um tronco comum para os lobos lateral esquerdo, medial esquerdo e quadrado, e os dois últimos em via comum. O segundo ramo destinava-se ao ramo medial direito. Logo após sua formação, o tronco comum do ramo principal esquerdo emite pequenos ramos vasculares para o processo papilar do lobo caudado. Abstract Liver lobation and intraparenchymal distribution of the portal vein in Brazilian guinea pig (Galea spixii Wagler, 1831). Liver lobation and intraparenchymal distribution of the portal vein was described according to studies performed in 10 specimens of Brazilian guinea pigs. The portal vein was cannulated and perfused Biotemas, 24 (3): 105-110, setembro de 2011
doi:10.5007/2175-7925.2011v24n3p105 fatcat:bw4tb4aipbad3iekldbh7ve3my