Publique V. 10, N. 19 - jan/jun 2016

Publique Publique
2016 Revista Eletrônica História em Reflexão  
Próximo Dossiê: "Diversidade: percepções e conflitos". A diversidade está presente na construção das identidades e implica na redefinição e nas releituras de conceitos vistos como tradicionais. Ela pode ser entendida como a qualidade do que é diverso, diferente, heterogêneo, de abordagens variadas e múltiplos aspectos envolvendo cultura, crenças, gênero, etnias, linguística, modos de vida, representações, enfim, um conjunto de percepções e perspectivas, de identidades e de sujeitos culturais,
more » ... jeitos culturais, das religiosidades e desafios que são impostos pela contemporaneidade de maneira diversa e plural no entendimento das experiências dos sujeitos e grupos sociais; dos processos complexos de reconhecimento social e de constituição da cidadania nos limites impostos pelas fronteiras territoriais, digitais e culturais; pelos hibridismos e diásporas, na busca de experiências e representações das humanidades onde a globalização e a universalização religiosa e cultural veem traçando desvios e alijando as diferenças. Aspectos que justificam a proposta da temática para o dossiê, pois sabemos que diferença não pressupõe desigualdade e o fim da diferença não é a garantia da igualdade. A História construída com base na diversidade possibilita reflexões que apresentam os enfrentamentos, encontros e desencontros, vivências e experiências nas e das diferenças cujo pano de fundo é o respeito ao outro, aos diferentes grupos e sujeitos. A diversidade atuando como ponto de partida na superação do preconceito, dos estigmas herdados histórico e temporalmente na construção de identidades e de parâmetros de diferenças e igualdades; que tenha o respeito e o reconhecimento como princípios básicos da diversidade e que possui uma multiplicidade de significados e influencias no âmbito da constituição das relações sociais escancarando os padrões conservadores e estigmatizantes das relações entre indivíduos e grupos socais, denunciando a violação de direitos fundamentais no trabalho escravo, no racismo, nos genocídios, guerras, prostituição infantil, intolerância religiosa, de gênero, política, cultural e étnica.
doaj:4cdca9fcb7974f72825e32a01fe7df5f fatcat:bq37ggxsbjeolnsbql24jgsg7i