AVALIAÇÃO DA TEMPERATURA DO SOLO, TEMPERATURA DO AR E UMIDADE RELATIVA DO AR EM UMA CLAREIRA DE MATA ATLÂNTICA NO MUNICÍPIO DE SÃO CRISTÓVÃO, SERGIPE, BRASIL

Maria Flaviane, Almeida Silva, Monise Neri, Dos Santos, Carlos, Esteves Santos, Benjamin, Leonardo Alves White
2016 unpublished
RESUMO A avaliação do clima e de suas variáveis meteorológicas constitui um dos ramos da ciência que mais vem recebendo estudos nos últimos anos, principalmente, em função do processo de alterações climáticas pelo qual o planeta está passando. Levando em consideração que as condições microclimáticas refletem diretamente nas formas e tipos de vida presentes em uma determinada área, o presente trabalho teve por objetivo descrever o microclima (temperatura e umidade relativa do ar e temperatura do
more » ... ar e temperatura do solo) em uma área de clareira resultante da retirada de madeira, no interior de um fragmento de Mata Atlântica no município de São Cristóvão, Sergipe, Brasil. Para determinação da umidade e temperatura do ar foi utilizado um datalogger modelo Misol WS-DS102-1 instalado a 1,8 metros de altura e programado para medir a temperatura e umidade relativa do ar a cada 10 minutos. A temperatura do solo também foi registrada a cada 10 minutos com auxílio de um sensor Termopar modelo R1B1 USB-64703 instalado a uma profundidade de 2 cm. Durante o período avaliado, o solo apresentou temperaturas variando entre 23,6 e 51°C, com valor médio de 31,1°C; a temperatura do ar variou de 20,4 a 40,2°C, com valor médio de 27,9°C; e a umidade relativa do ar variou entre 29 a 96% com média de 73,9%. De acordo com o teste t de Student, a temperatura do ar diferiu significativamente da temperatura do solo (t = 34,71; p< 0,001), no entanto, ambas as variáveis apresentaram uma correlação positiva e significativa (r = 0,75; p < 0,001). A temperatura do solo também apresentou uma correlação significativa, porém negativa, com a umidade relativa do ar (r =-0,78; p < 0,001). A maior e mais significativa correlação foi entre a temperatura do ar e a umidade relativa do ar (r = 0,95; p < 0,001). PALAVRAS-CHAVE Microclima; meteorologia; mudanças climáticas. SOIL TEMPERATURE, AIR TEMPERATURE AND RELATIVITY HUMIDITY ON AIR EVALUATION IN A FOREST ATLANTIC CLEARING AT SÃO CRISTÓVÃO CITY, SERGIPE, BRAZIL ABSTRACT The evaluation of the climate and its meteorological variables is one of the branches of science that has been extensively studied in recent years, mainly due to the process of climate change by which the planet is going through. Taking into consideration that the microclimate directly reflect the forms and types of life present in a given area, this study is aimed at describing the microclimate (temperature and relative humidity of air and soil temperature) in a resulting clearcutting in a removal wood area, inside a forest fragment in São Cristóvão, Sergipe, Brazil. To determine the humidity and air temperature was used a datalogger model Misol WS-DS102-1 installed 1.8 meters high and programmed to measure temperature and relative humidity every 10 minutes. The ground temperature was also recorded every 10 minutes with the aid of a thermocouple R1B1 USB 64703 model sensor installed at a depth of 2 cm. During the study period, the soil showed temperatures ranging between 23.6 and 51 ° C, with an average of 31.1 ° C; the air temperature ranged from 20.4 to 40.2 ° C, with a mean value of 27.9 ° C; and the relative humidity ranged from 29-96% with a mean of 73.9%. According to the Student T test, the air temperature differed significantly from soil temperature (t = 34.71; p <0.001), however, both variables recorded a significant positive correlation (r = 0.75; p <0.001). Soil temperature also recorded a significant correlation, however negative, with air relative humidity (r =-0.78, p <0.001). The largest and most significant correlation was between the air temperature and relative humidity (r = 0.95; p <0.001).
fatcat:33wmgklkqjb6hnaqdzqxwx356y