Territórios precários: desequilíbrios entre o crescimento econômico e o desenvolvimento social no oeste da Bahia

Marcos Leandro MONDARDO
2013 Revista ACTA Geográfica  
RESUMO No Brasil, a expansão arrasadora do agronegócio globalizado sobre novas áreas do Cerrado produz regiões funcionais especializadas na produção de commodities agrícolas, a exemplo do Oeste da Bahia. Se por um lado, esta moderna agricultura alcança altos volumes de produção com o aumento dos índices de produtividade, do outro, reproduz pobreza e desigualdade social/territorial nas cidades e no campo devido à destruição da natureza, à exploração do trabalho e a abusiva concentração de
more » ... e renda. Por isso, o objetivo desse trabalho é analisar o desequilíbrio entre o crescimento econômico e o desenvolvimento social dos três principais municípios desta região: Barreiras, Luís Eduardo Magalhães e São Desidério. A extrema desigualdade social divide economicamente o espaço regional em duas faces distintas: o território dos ricos e o território dos pobres, o "território do progresso" das extensas fazendas modernas do agronegócio e dos condomínios fechados e o "território precário" das inúmeras e crescentes periferias das cidades. Para transformar essa realidade da abusiva concentração de riqueza e renda, é necessário combater o discurso e a prática hegemônica da reprodução em escala macro do capital da moderna agricultura, para universalizar o acesso a bens e a serviços coletivos e tornar as condições dignas de vida e de trabalho. Palavras-chave: território precário, crescimento econômico, desigualdade social, ABSTRACT In Brazil, the overwhelming expansion of the global agribusiness on new areas of the Cerrado, creates functional regions specialized in the production of agricultural commodities, such as the West of Bahia. With accelerated growth of crops like soybeans, corn and cotton in addition to livestock, on the one hand, reach high volumes of production and increase productivity levels, on the other, reproduce social inequality and poverty/land in cities and rural areas due to the destruction of nature, labor exploitation and abuse of wealth and income concentration. Therefore, the aim of this paper is to analyze the imbalance between economic growth and social development of the three main cities of this region: Barreiras, Luís Eduardo Magalhães and São Desidério. The extreme social inequality divides the economy of the regional space into two distinct sides: the territory of the territory of the rich and poor, the "territory of the progress" of modern large agribusiness farms and gated communities and "precarious territory" of the numerous and growing suburbs of cities. To change this reality of the abusive concentration of wealth and income, it is necessary to combat the ideological discourse and practice of macro-scale reproduction of the capital of modern agriculture, to provide universal access to collective goods and services and make decent living and working.
doi:10.5654/actageo2013.0715.0006 fatcat:fcnkpa2o2naphap4zoox3dhmlm