Estado e Igreja no Brasil: um comparativo entre a atuação do catolicismo e o pentecostalismo/neopentecostalismo

Henrique Luiz Arnold
2017 Diversidade Religiosa  
O presente trabalho visa a analisar o processo histórico entre a relação Estado e Igreja no Brasil. Assim, volta-se o olhar para o ano de 1890, no qual a Igreja Católica Apostólica Romana deixa de ser a religião oficial. Dando-se uns passos à frente, deparamo-nos com uma nova realidade no âmbito sócio político religioso brasileiro, o surgimento do pentecostalismo e neopentecostalismo, os quais vêm marcando considerável presença no espaço político de nosso país. Diante disso, surge a pretensão
more » ... fazer um comparativo da relação entre Estado e Igreja antes de 1890 e o que motivou a entrada de pentecostais/neopentecostais na política nacional, bem como o discurso político religioso dos pentecostais/neopentecostais até as eleições de 2002. A busca por tentar entender a relação Estado-Igreja no Brasil tem como intuito mostrar que o Estado brasileiro possui uma intrínseca relação com a religião (cristã).
doi:10.22478/ufpb.2317-0476.2017v7n2.35941 fatcat:yo37mwhdanalrh442kpvfvxdpi