Influência da Ingestão de Colostro na Aquisição de Imunidade Passiva e Mortalidade Neonatal em Cabritos da Raça Moxotó Criados em Sistemas Extensivo e Intensivo

C.M. Soares, S.V.D. Simões, J.M.A. Medeiros, F. Riet-Correa, J.M. Pereira Filho, E.M.N. Silva, J. Pordeus Neto
2010 Revista Científica de Produção Animal  
Resumo: Objetivou-se identificar através de dosagens da proteína sérica total se um fornecimento artificial de colostro asseguraria melhor aquisição de imunidade passiva em cabritos da raça Moxotó. Foram formados quatro grupos experimentais em dois sistemas de criação (extensivo e intensivo) para comparar dois manejos de colostro (ingestão na mãe e fornecimento em mamadeiras). A avaliação da aquisição de imunidade foi feita através da dosagem de proteína sérica total das crias às 48 horas de
more » ... s às 48 horas de vida O peso dos cabritos ao nascer e a produção de colostro das cabras foram registrados. Os valores de proteína total dos grupos diferiram significativamente, sendo de 7,11±0,2 g/dL nos animais que ingeriram colostro nas mães e 6,35±0,17g/ dL nos que ingeriram em mamadeiras, independente do sistema de criação. A aquisição de imunidade foi satisfatória em todos os grupos experimentais, porém ocorreu alta mortalidade de crias no sistema extensivo de criação 37% (10/27), devido ao complexo hipotermia/inanição. A produção de colostro das cabras criadas intensivamente foi significativamente superior aos das cabras criadas extensivamente. Conclui-se que nos sistemas de criação estudados não é necessário fornecimento artificial de colostro para garantir a imunidade passiva, mas é importante dar boas condições nutricionais as cabras no final da gestação para assegurar a produção de um volume de colostro capaz de assegurar a sobrevivência da cria. Palavras-chaves: caprinos, neonatos, mortalidade perinatal, semi-árido, Brasil Abstract: The objective of this study was to determine, by dosages of total serum proteins, the acquisition of passive immunity, at 48 hours of life, in Moxotó kids. Four experimental groups were formed into two breeding systems (extensive and intensive) and two managements of colostrums intake (by suckling in the mother and by supplying in bottles). The values of serum total proteins were significantly different between groups, being 7,11±0.2 g/dL in animals that ingested colostrum in the mothers and 6,35±0.17 g/dL in those that ingested in bottles. The acquisition of immunity was satisfactory in all experimental groups, but there was high mortality of kids (37%), due to the starvation/hypothermia, in the extensive system of farming. This mortality was apparently due to the low levels of colostrums ingestion. In the groups of intensive farming there was no kid mortality. The production of colostrum in the goats bred intensively (163.5±14,71 mL) was significantly higher than those bred extensively (53,75±19,12 mL). It is concluded that in the semiarid region
doi:10.15528/2176-4158/rcpa.v12n1p80-84 fatcat:hzzwdx6muzabphtwah5wbamwfi