Plankton Richness and Abundance in Several Different Hydrological Situations in Lakes Lateral to a River: A Case Study in the Mouth Zone of a Tributary into a Tropical Reservoir

Raoul Henry, Eliana Aparecida Panarelli, Silvia Maria Caglierani Casanova, Danielli Cristina Granado, Rafael Campanelli Mortari, Juliana Abra
2011 Oecologia Australis  
A descriptive analysis of the responses of plankton from lakes lateral to a river in its mouth zone into a tropical reservoir to water level variations is presented. Three situations were reported: 1) a comparison of species richness and diversity and of algae population abundance in prolonged drought and in periods of connection of lakes to the river, 2) the spatial distribution of abundance and richness of Rotifera species in four isolated water bodies formed by fragmentation of a lateral
more » ... on of a lateral lake during a period of prolonged drought and in the same areas during a period of integrity as an ecosystem, 3) the variability of total zooplankton and Cladocera densities at the end of the isolation period of a lateral lake and after the recovery of connection with the river and in a year of continuous connection with the lotic ecosystem. Various idiosyncrasies were observed in connected lateral lakes, like the surface hydrologic connectivity, a primary factor in species richness modifications and a secondary controlling factor of plankton abundance. Underground hydrologic connectivity, through the river → lake water flux during the high-water period and lake → river during drought period, appears to have an important role in richness and abundance variations of planktonic populations in the lake isolated from the river. RESUMO RIQUEZA E ABUNDÃNCIA DO PLÂNCTON EM DIFERENTES SITUAÇÕES HIDROLÓGICAS EM LAGOAS LATERAIS A UM RIO: UM ESTUDO DE CASO NA ZONA DE DESEMBOCADURA DE UM TRIBUTÁRIO EM UM RESERVATÓRIO TROPICAL. Uma análise descritiva das respostas do plâncton de lagoas laterais a um rio na zona de sua desembocadura em um reservatório tropical, às variações do nível de água é apresentada. Três situações foram relatadas: 1) comparação da riqueza e diversidade de espécies e da abundância das populações de algas em períodos de seca prolongada e de conexão das lagoas com o rio; 2) distribuição espacial da abundância e riqueza de espécies de Rotifera em quatro corpos de água isolados formados por fragmentação de lagoa lateral durante período de seca prolongada e nas mesmas áreas em período de sua integridade como ecossistema; 3) variabilidade na densidade total do zooplâncton e de organismos de Cladocera em final de período de isolamento das lagoas laterais e após restauração de sua ligação com o rio e, em ano de associação continua com o curso de água. Várias idiossincrasias foram observadas nas lagoas laterais conectadas, sendo a conectividade hidrológica de superfície, fator primordial nas modificações * Paper in homage to the Professors José Galizia Tundisi and Takako Matsumura-Tundisi for the great contribution to the development of Limnology in Brazil. HENRY, R. et al. Oecol. Aust., 15(3): 537-558, 2011 538 da riqueza de espécies e, fator controlador secundário da abundância do plâncton. A conectividade hidrológica subterrânea, através do fluxo de água rio → lagoa no período de cheia e lagoa → rio no período de estiagem, parece ter um papel fundamental na riqueza e abundância das populações planctônicas em lagoa isolada do rio. Palavras-chave: Zooplâncton; fitoplâncton; nível de água; conectividade; ecossistemas aquáticos.
doi:10.4257/oeco.2011.1503.08 fatcat:fkvtdblobfcetpnaknxgel4wcq