AS OPÇÕES DE LAZER DOS ESPAÇOS LIVRES PÚBLICOS EM CURITIBA/PR: A PARTICIPAÇÃO POPULAR COMO BASE PARA A ELABORAÇÃO DE UMA CARTOGRAFIA DE OPÇÕES

SIMONE VALASKI, JOÃO CARLOS NUCCI
2009 Revista Geografar  
INTRODUÇÃO Os espaços livres públicos presentes na paisagem das grandes cidades são caracterizados por trazer inúmeros benefícios que abrangem os âmbitos social, da saúde física e mental, e da qualidade ambiental. Acerca da qualidade ambiental urbana, os espaços livres funcionam como indicadores, devendo ser levado em consideração a quantidade, a qualidade e a distribuição destes espaços na cidade. De acordo com Lima et al (1994) existe uma enorme confusão na conceituação de termos referentes
more » ... termos referentes ao verde urbano. Assim, conceitos como área verde, espaço livre, cobertura vegetal são usados indistintamente como sinônimos e como se desempenhassem a mesma função. (CAVALHEIRO et al, 1999) Cavalheiro et al (1999) apresentam sugestões acerca destes conceitos, considerando que: O espaço livre de construção é o espaço urbano ao ar livre, destinado a usos que tenham relação como caminhadas, descanso, passeios, práticas de esporte e, em geral, a recreação em horas de ócio; os locais de passeio devem ser seguros e estar totalmente separados em relação aos veículos. Os espaços livres podem ser públicos, privados ou potencialmente coletivos, desempenhando funções de estética, de lazer e ecológico-ambiental, entre outras.
doi:10.5380/geografar.v0i0.14362 fatcat:awaocewomzfgtckuli3354t56q