Flanar e reler Curitiba: o olhar derrisor de Dalton Trevisan

Jailton Gonçalves Prates, Níncia Cecília Ribas Borges Teixeira
2014 Letrônica  
Resumo: O presente artigo discute questões pertinentes ao espaço urbano, de maneira específica a cidade de Curitiba, sua disposição (cartografia urbana), seus símbolos e as imagens que emergem a partir do discurso oficial para ratificar no ideário popular conceitos como "cidade modelo", "capital de desenvolvimento", "joia rara" e "capital da sustentabilidade". Esses conceitos serão contestados por meio das narrativas de Dalton Trevisan, que apresentam uma Curitiba sem pinheiros, sem flores e
more » ... os, sem flores e sem monumentos, pois não é sua intenção apresentar essa cidade linda, mas sim uma Curitiba marginal e distópica, povoada por pobres, andarilhos, prostitutas, loucos, enfim, por homens reais, marcados pelas desigualdades, pela fome, dor e angústia. Dalton Trevisan contempla o subúrbio e a miséria do homem, apresentando-o fragmentado, sem esperanças, marginal e explorado. Essas ideias estão dispostas na obra-síntese de Dalton Trevisan, Em busca de Curitiba perdida (1992), publicada por ocasião da comemoração dos 300 anos de fundação de Curitiba, como forma de protesto e para mostrar que a cidade possui dois lados: o centro e a margem e que desta margem ecoa o canto de lamentação da sua Curitiba de antanho. A fim de corroborar as ideias apresentadas e defendidas, este artigo apresenta a análise do conto "Cemitério de Elefantes", que possibilita a visualização de um espaço urbano despudorado, em ruínas e em transformação ininterrupta. Palavras-chaves: Dalton Trevisan; Curitiba; Cidade; Flanêur; Leitura. Abstract: This paper discusses relevant issues to urban space, specifically the city of Curitiba, its disposal (urban mapping) , its symbols and images that emerge from the official discourse to ratify the popular ideas concepts like "model city" , "capital development", "rare jewel" and "capital of sustainability". These concepts will be challenged through the narratives of Dalton Trevisan, who has presented a Curitiba with no pine, no flowers and no monuments, because it is not his intention to present this beautiful city, but a marginal Curitiba and dystopian, populated by the poor, vagrants, prostitutes, crazy people, finally, for real men, marked by inequalities, hunger, pain and anguish. Dalton Trevisan includes the suburbs and misery of man, presenting the fragmented hopelessly marginal and exploited. These ideas are arranged in the work -synthesis of Dalton Trevisan. "Em busca de Curitiba perdida" (1992), published on the occasion of the commemoration of the 300th anniversary of the Curitiba foundation, in a way of protest to show that the city has two sides: the center
doi:10.15448/1984-4301.2014.1.16623 fatcat:jvdbw6znxne2tiiu5vleubvrmq