Evaluation of ophthalmic emergencies in a public reference hospital in Pernambuco, Brazil

Hirlana Gomes Almeida, Viviane Bandeira Fernandes, Ana Carolina Vieira Peixoto e Lucena, Newton Kara-Junior
2016 Revista Brasileira de Oftalmologia  
The authors declare no conflicts of interests. ABSTRACT Purpose: To evaluate ophthalmological emergencies in a public reference hospital in Pernambuco. Methods: Cross-sectional retrospective study with 26.358 patients attended in the ophthalmic emergency Altino Ventura Foundation, in the period january to june 2013. Data were collected using protocols based on electronic registration forms of ophthalmological emergency Results: It was observed that 52.5% of patients were male, 42.5% were aged
more » ... , 42.5% were aged 21-40 years; 90.8% were from the region metropolitan area of Recife; 55% classified as less severe. The main diagnoses were conjunctivitis (35.17%) and ocular trauma (19.25%). Conclusion: The prevalence of male patients, aged 21-40 years, from the metropolitan area of Recife, classified as low complexity, attended in January, on Monday, with the diagnosis of conjunctivitis, followed by ocular trauma. RESUMO Objetivo: Avaliar as urgências oftalmológicas em um hospital público de referência de Pernambuco. Métodos: Estudo transversal e retrospectivo, com 26.358 pacientes atendidos na emergência oftalmológica da Fundação Altino Ventura , no período janeiro a junho de 2013. Os dados foram coletados por meio de protocolos baseados nas fichas de cadastro eletrônicas da emergência oftalmológica. Resultados: Observou-se que 52,5% dos indivíduos eram do gênero masculino e 42,5% encontravam-se na faixa etária de 21 a 40 anos; 90,8% eram provenientes da região Metropolitana do Recife e 55% dos casos foram classificados como de baixa gravidade. Os diagnósticos mais frequentes foram conjuntivite (35,17%) e trauma ocular (19,25%). Conclusão: Houve prevalência de pacientes do gênero masculino, na faixa etária de 21 a 40 anos, proveniente da região Metropolitana do Recife, classificado como baixa gravidade, atendidos no mês de janeiro, na segunda-feira, com o diagnóstico de conjuntivite, seguida por trauma ocular.
doi:10.5935/0034-7280.20160004 fatcat:y566gy2zyfeengn4zbbtrtqjm4