PROSTITUIÇÃO DE MULHERES: A INTERFACE COM A ATENÇÃO PRIMÁRIA DE SAÚDE

Juliana Furtado, Orientação Eliany, Nazaré De Oliveira
unpublished
Female prostitution: the interface with primary health care D esenvolver estratégias de articulação entre profissionais do sexo do bairro do Junco-Sobral-Ce com a equipe do Programa Saúde da Família, com intuito de melhorar a assistência à saúde dessas mulheres que sobrevivem da prostituição no bairro foi nosso objetivo principal. Mulheres que trabalham com a venda do corpo (profissionais do sexo) do bairro do Junco que atuam em um prostíbulo que fica nas proximidades da unidade de saúde
more » ... ade de saúde compuseram nosso universo. A coleta das informações aconteceu mais precisamente nos meses de abril e maio de 2001 e constitui-se de 05 momentos diferenciados. Identificamos a existência de uma grande lacuna entre esse grupo de mulheres e os serviços de saúde, lacuna que vai de encontro com os princípios do Sistema Único de Saúde-SUS. Mulheres que tem estilos de vida diferenciados não conseguem atenção adequada nesses serviços, já que os mesmos estão rigidamente organizados para o atendimento do geral e do comum. As informações são contundentes na medida que evidenciam a impossibilidade de acesso do grupo aos serviços, devido a incompatibilidade da organização do serviço com os horários viáveis para o grupo de mulheres que sobrevivem da prostituição. Ou seja, os serviços de saúde em Sobral, se organizam para atender mulheres que não sobrevivem da prostituição, o que poderia ser considerado normal, já que a maioria das mulheres que freqüentam os serviços de saúde possue um estilo de vida completamente diferente do que o grupo estuda. Mas ficou demostrado a necessidade de o serviço também se organizar para atender a grupos de mulheres que fazem parte da população daquele bairro e que sobrevivem da venda do corpo e que, por esse motivo, necessitam de um olhar diferenciado dos profissionais de saúde. Várias são as necessidades de atendimento à saúde demostrada pelo grupo, estas estão diretamente relacionadas ao tipo de vida que essas mulheres levam. Este artigo contém parte do material produzido em uma monografia do curso de Especialização e Residência em Saúde da Família-Sobral-CE. É preciso que tenhamos compromisso de fazer a "diferença". Nessa perspectiva, tratar diferentes, indo ao encontro da eqüidade em saúde, um dos princípios do SUS que efetiva como um espaço aberto a todo cidadão. Profissionais do sexo; estratégia saúde da família; atenção primária.
fatcat:3iiempqvzjguxg2gbcwap5xx7u