Estudo de parâmetros bioquímicos de éguas gestantes, Puro Sangue Árabe

Maria Marina Unanian, Antonio Emidio D. Feliciano Silva, Airton Manzano
1999 Brazilian Archives of Biology and Technology  
Em éguas Puro Sangue Árabe manejadas em pastagem de Coast-cross (Cynodon dactylon) foram determinados vários parâmetros bioquímicos no período inicial e final da gestação. Para o estudo foram coletados sangue, urina e fezes, alem de feitas medições corporais. As éguas ganharam, em média, 69,4 kg entre o inicio e final da prenhez. O nível de proteína total sangüínea aumentou (P<0,05) do primeiro ao último mês de gestação, enquanto que o de albumina diminuiu. A proporção albumina : proteína
more » ... na : proteína manteve-se constante, mostrando que a dieta protéica destes animais era equilibrada. Os níveis de cálcio, fósforo, magnésio, cobre e zinco no soro sangüíneo, e os de proteína total, glicose, creatinina e uréia da urina, não variaram durante a prenhez. Os níveis de cálcio e magnésio na urina aumentaram (P<0,05) do inicio ao final da gestação. O nível de fósforo e potássio diminuíram (P<0,05) no final da gestação, provavelmente em função do crescimento fetal. A analise dos resultados permite concluir que a maioria dos elementos estudados foram eliminados através da urina com exceção dos microminerais, eliminados através das fezes. Considerando o desenvolvimento corporal dos animais durante a prenhez, os parâmetros bioquímicos estudados poderiam ser considerados como de referência para éguas gestantes Puro Sangue Árabe manejadas exclusivamente em pastagem de Coast-cross.
doi:10.1590/s1516-89131999000100015 fatcat:csk2a2xvmzacrb2vsrcicktt5a