Nietzsche no Brasil (1933-1943): Da ascensão do nacional- socialismo ao Grande Reich Alemão

Luís Rubira
2016 Cadernos Nietzsche  
Resumo A recepção do pensamento de Nietzsche pela inteligência brasileira, entre o início da década de 1930 e a véspera do centenário de seu nascimento, constitui o tema do presente ensaio. Para tanto, busca-se analisar aproximadamente cinco dezenas de artigos que surgiram na imprensa nacional, dos quais dezoito foram trazidos ao público em sua íntegra nos Cadernos Nietzsche. Para bem compreender o debate, investiga- se também o papel desempenhado pelas traduções de livros de intérpretes do
more » ... sofo e das primeiras traduções das obras de Nietzsche editadas no Brasil. Em meio à complexidade de abordagens do pensamento nietzschiano entre nomes expressivos do cenário intelectual brasileiro, acaba por transparecer que muitos deles dissociaram o vínculo entre o nome do filósofo e o nazismo, reconhecendo-o como o pensador que antecipara as tensões imanentes do século XX - o "homem que foi um campo de batalha", tal como definiu Mário Ferreira dos Santos no prefácio que escreveu em 1943 para a sua tradução de A vontade de Potência.
doi:10.1590/2316-82422016v3703lr fatcat:mdb65523tndj5czojxmjxmzvdq