Morfologia e desenvolvimento de Schistosoma mansoni Sambon, 1907 em infecções unissexuais experimentalmente produzidas no camundongo

Eliana Maria Zanotti, Luiz Augusto Magalhães, Aquiles Eugenico Piedrabuena
1982 Revista de Saúde Pública  
Estudou-se o desenvolvimento de Schistosoma mansoni em infecções unissexuais no camundongo. Os esquistossomos fêmeos apresentaram-se menos desenvolvidos do que os machos. Houve correlação entre o comprimento dos machos e o número de testículos. Verificou-se que o isolamento sexual é prejudicial aos dois sexos, principalmente à fêmea.
doi:10.1590/s0034-89101982000200007 pmid:7146818 fatcat:3a4gqf4njncjzexj5viy4wssru