PUBLICIDADE SOCIAL EM NUTRIÇÃO AUMENTA O CONSUMO DE SALADAS POR USUÁRIOS DE UM RESTAURANTE UNIVERSITÁRIO

Flávia Galvão Cândido, Daniela Mayumi Usuda Prado Rocha, Lílian Lelis Lopes, Maria Sônia Lopes Duarte
2015 Revista Brasileira Ciências da Saúde - USCS  
RESUMO Introdução: O consumo adequado de hortaliças é importante para a manutenção do bom estado nutricional e prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. Objetivo: Avaliar o impacto do uso de publicidade social em nutrição no consumo e na aceitação de saladas por usuários de um restaurante universitário. Materiais e métodos: Tratou-se de um estudo de intervenção do tipo teste-controle de amostragem representativa (n=1.518, 11,40%), onde foram elaborados nove banners com forte apelo
more » ... e informações nutricionais objetivas. A intervenção consistiu na exposição dos banners durante o almoço em quatro dias não consecutivos no grupo teste. As porções de saladas eram padronizadas previamente e avaliadores observavam o resto-ingesta dos primeiros usuários que devolviam suas bandejas em intervalos regulares de tempos nos grupos teste e controle. A análise dos resultados foi feita mediante a conversão dos valores individuais para valores totais de resto-ingesta e consumo. O teste z (software SigmaPlot, v11.0) foi adotado para verificar diferenças entre os tratamentos (P<0,05, intervalo de confiança de 95%). Resultados: A média de consumo de saladas no grupo controle foi de apenas 57,56%, sendo que as mulheres consumiram menos saladas do que os homens (52,53 e 60,78%, respectivamente, P=0,032). Após a intervenção houve um aumento de 12,52% (P<0,001) na aceitação de saladas. Não houve diferenças em relação à eficácia da intervenção entre homens e mulheres (P=0,366). Conclusão: O uso de publicidade social em nutrição incentivou o consumo e melhorou a aceitação de saladas por usuários de um restaurante universitário. Salienta-se a necessidade de estudos de intervenção de longa duração. Palavras-chave: Verduras; serviços de alimentação; publicidade de alimentos; alimentação coletiva; educação alimentar e nutricional. Introduction: Proper consumption of vegetables is important to maintain a good nutritional status and prevent chronic non-communicable diseases. Objective: Evaluating the impact of a social publicity on nutrition increasing salad consumption and acceptance from users of a university restaurant. Materials and methods: This is an interventional study with a test-control representative sampling (n=1518, 11.40%), in which it were elaborated nine banners with strong visual appeal and objective nutritional information. The intervention consisted in the exhibition of banners during lunch in four non-consecutive days in the test group. The salad portions were standardized before the intervention, and evaluators registered the leftover-ingestion of the users who return their trays early at regular intervals of time in the test and control groups. The analysis of results was made through the conversion of individual values for total amounts of leftover-ingestion and consumption. The z-test (SigmaPlot software, version 11.0) was adopted to determine differences between treatments (P<0.05, confidence interval 95%). Results: The average consumption of salads in the control group was only 57.56%, while women consumed less salads than men (52.53 and 60.78%, respectively, P=0.032). After the intervention the acceptance of salads increased 12.52% (P<0.001). There were no differences in intervention efficacy between men and ABSTRACT 58 PUBLICIDADE SOCIAL E CONSUMO DE SALADA 59 Revista de Atenção à Saúde, v. 13, n o 46, out./dez. 2015, p.58-64
doi:10.13037/ras.vol13n46.3196 fatcat:6hf3id644fexdohyr5vien6hme