O imperativo da inovação e a constituição da docência inovadora

Daniela Pederiva Pensin
2017 Revista Brasileira de Ensino Superior  
O texto parte do entendimento de que discursos constituem e legitimam formas autorizadas de docência. Assim, imersa nos jogos de verdade deste tempo, a docência na educação superior impõe-se à inovação como condição à sua presença no verdadeiro. Constitui-se objetivo deste texto incitar o estranhamento e a problematização frente ao crescente fenômeno da neofilia, do culto ao novo, da obsessão pelo novo revelada por meio de palavras de ordem: mudança, criatividade, flexibilidade, tecnologia,
more » ... eendedorismo e, claro, inovação. Construído sobre uma abordagem inspirada nos estudos foucaultianos e fazendo uso do discurso como conceito teórico-metodológico o texto mobiliza argumentos em torno da noção de inovação e a coloca articulada ao movimento de empresariamento da educação superior. São apresentados também posicionamentos e resistências de educadores e pesquisadores filiados às produções da Pedagogia Universitária, considerados indicativos de possibilidades de rotas de fuga. Por fim, retomando o conceito teórico-metodológico do discurso, o texto chama a atenção para a inexistência de vida fora desta atmosfera, alerta para a constituição de uma docência singular, orientada por uma noção igualmente singular de inovação situada neste mundo no qual nos encontramos todos. O texto encerra destacando que a desnaturalização, o estranhamento e a problematização diante do imperativo da inovação seguem necessários uma vez que esta lógica utilitarista, pragmática, reducionista e filiada à racionalidade neoliberal opera como uma vontade de verdade que exerce sobre a docência um poder de coerção e não deixa ver a vontade que a faz ser.
doi:10.18256/2447-3944.2017.v3i4.2208 fatcat:tdx7xxr7frcypps2csvohk6kia