Mapeamento dos estudos sobre vulnerabilidade em saúde: uma revisão de escopo

Raquel Sampaio Florêncio, Thereza Maria Magalhães Moreira, Vera Lúcia Mendes de Paula Pessoa, Virna Ribeiro Feitosa Cestari, Vanusa Maria Gomes Napoleão Silva, Sara Maria Soares Rabelo, Maria Lúcia Duarte Pereira, Jênifa Cavalcante dos Santos Santiago, José Wicto Pereira Borges, Samuel Miranda Mattos, Maria Rocineide Ferreira da Silva, Danilo Cunha Ribeiro
2020 Research, Society and Development  
Objetivo: mapear o conceito de vulnerabilidade em saúde no campo da saúde coletiva. Método: trata-se de uma scoping review, que utilizou a equação de busca vulnerability AND health em cinco bases de dados. Os critérios de elegibilidade foram o termo 'vulnerabilidade' no título e com definição explícita do conceito. Não foram aplicados limites de ano ou idioma, obtendo-se 101 artigos para análise. Resultados: Encontraram-se artigos a partir de 2002 e o conceito passou a ser mais discutido após
more » ... is discutido após 2010. De 2002 a 2010, estudos qualitativos foram mais presentes e depois, os quantitativos destacaram-se. O conceito tem abrangência mundial, com destaque para o Brasil; abordou mais as doenças infecciosas e a atenção primária. Conclusão: o conceito é discutido mundialmente, sob aspectos epidemiológicos tradicionais no campo da Saúde Coletiva, porém observa-se uma transição.
doi:10.33448/rsd-v9i10.8393 fatcat:m5pixg5atvcpla6nztifzyjuxu