Estudo da efetividade da intervenção breve para o uso de álcool e outras drogas em adolescentes atendidos num serviço de assistência primária à saúde

Denise De Micheli, Mauro Fisberg, Maria Lucia O.S. Formigoni
2004 Revista da Associação Médica Brasileira  
Rev Assoc Med Bras 2004; 50(3): 305-13 305 INTERVENÇÃO BREVE EM ADOLESCENTES RESUMO -OBJETIVOS. O principal objetivo deste estudo foi avaliar a efetividade de uma intervenção breve e de uma orientação preventiva do uso de álcool e/ou outras drogas, dirigidas a adolescentes. MÉTODOS. Noventa e nove adolescentes que buscaram atendimento médico em um serviço ambulatorial especializado no atendimento de adolescentes foram divididos de acordo com seus níveis de consumo de substâncias em usuários no
more » ... ias em usuários no último mês (UM) e não usuários no último mês (NUM). Cada um destes grupos foi dividido em dois: um grupo controle de usuários no último mês (COUM), um grupo controle de não usuários no último mês (CONUM), um grupo que receberia Intervenção Breve no caso de serem usuários no mês (UM-IB) e um grupo que receberia Orientação Preventiva no caso de serem não usuários no mês (NUM-OP), totalizando quatro grupos. A orientação preventiva teve duração de 2 a 3 minutos e intervenção breve de 20 minutos, sendo realizada segundo roteiro pré-estruturado. Todos os participantes foram novamente avaliados após seis meses. RESULTADOS. No seguimento realizado ao final de seis meses, observou-se um aumento significativo na prevalência de consumo de maconha, álcool e tabaco bem como na intensidade de problemas e comportamentos de risco no grupo CONUM. No grupo NUM-OP, UNITERMOS: Adolescentes. Uso de substâncias psicoativas. Tratamento. Efetividade. Intervenção breve. Prevenção.
doi:10.1590/s0104-42302004000300040 pmid:15499485 fatcat:kx7lk47ch5hnpktzwbcbbqkn6m