EFEITO DA VARIAÇÃO DOS PREÇOS DA MANDIOCA EM ALAGOAS SOBRE O VALOR BRUTO DA PRODUÇÃO

Manuel Alberto Gutierrez Cuenca, José Henrique Albuquerque Rangel, Helber Rodrigues de Araújo
2013 Revista Raízes e Amidos Tropicais  
RESUMO O objetivo do presente estudo foi determinar a variação histórica dos preços obtidos pelos mandiocultores alagoanos e avaliar o impacto de tal variação sobre a Taxa de Variação Porcentual (TXV%) do Valor Bruto da Produção (VBP) em Alagoas, em cada biênio, no período total, e em três subperíodos entre 1977 e 2009. Os dados do período de 1977 a 1989 foram coletados das Estatísticas Básicas (IBGE, 1997) e os do período de 1990 a 2009 foram obtidos do SIDRA (IBGE, 2011). Na decomposição das
more » ... axas de variação do VBP em função do efeito dos fatores área, produtividade e preço, foi utilizado o modelo "shift-share". Constatou-se que, entre 1977 e 2009, os preços recebidos, a área colhida, a produção de raízes e o VBP da mandioca, decresceram 87%, 55%, 38% e 92% respectivamente. A produtividade, no período analisado foi o único fator que apresentou crescimento (37%), tendo esse ganho amenizado a queda do VBP da mandiocultura estadual. As médias dos preços e do VBP obtidos pelos mandiocultores alagoanos, entre 1977 e 2009, foram de R$ 656,99/t e R$ 162,6 milhões respectivamente. O preço máximo de R$ 2.548,20/t ocorreu no ano de 1989 e o máximo do VBP de R$ 725,6 milhões aconteceu em 1977. Já o preço mínimo de R$ 138,45/t e mínimo do VBP de R$ 30,8 milhões aconteceram ambos no ano de 2007. As variações do VBP da mandioca em Alagoas não foram, em todos os anos, na mesma direção e magnitude das mudanças nos preços pagos aos produtores, pois a oscilação do VBP é resultado da combinação da variação da área, dos preços e da produtividade. Palavras-chave: Manihot esculenta, agronegócio, agricultura alagoana. SUMMARY The aim of this study was to determine the historical variation in prices obtained by Alagoas Cassava growers and to evaluate the impact of such variation over the cassava PGV Percentage Variation Tax (TXV%) of Production Gross Value (PGV) in Alagoas in different biennium, for the total period, and in three sub-periods between 1977 and 2009. Data from 1977 to 1989 were collected from Basic Statistic (IBGE, 1997), and of the period 1990 to 2009 from SIDRA (IBGE, 2011). The "shift share" model was used for decomposition of PGV variation taxes in function of the effects of area, productivity, and prices factors. Between 1977 and 2009 prices obtained by growers, harvested area, root production, and cassava PGV decreased respectively 87%, 55%, 38%, and 92%. In the studied period the productivity was the only factor of increasing (37%), contributing in the reduction of the cassava PGV fall in Alagoas State. Means of prices and PGV obtained by cassava growers between 1977 and 2009 were respectively R$ 656.99/t and R$ 162.6 million. The maximum price of R$ 2,548.2/t occurred in 1989 and the maximum PGV of R$ 725.6 million at 1977. Minimum price and minimum PGV of respectively R$ 138.45/t and R4 30.8 million occurred both in 2007. Variations of cassava PGV in Alagoas were not always in the same direction and magnitude of changes observed in prices obtained by growers, taking into accounts that PGV oscillations is a result of the combination between the variation of area, prices, and productivity.
doi:10.17766/1808-981x.2013v9n1p18-24 fatcat:vhrfflvdx5ev3j3xbqqkfdlhlu