Fisioterapia em pacientes com amputação transtibial: revisão sistemática

Andersom Ricardo Fréz, Jussara Paula da Luz, João Afonso Ruaro, Marinêz Boeing Ruaro, Ivo Ilvan Kerppers, Sibele De Andrade Melo
2016 ConScientiae Saúde  
Resumo Introdução: A fisioterapia atua na reabilitação de pacientes com amputação transtibial, como também pode intervir na prevenção e tratamento das complicações decorrentes da amputação. Objetivo: Investigar a intervenção da fisioterapia em pacientes com amputação transtibial. Métodos: Foi realizada uma revisão sistemática da literatura, consultando as bases de dados: PubMed, CINAHL, EMBASE, SPORTDiscus, PEDro, LILACS e SciELO. Utilizaram-se os descritores "amputação" e "transtibial"
more » ... ranstibial" combinados com os descritores "fisioterapia" ou "terapia física". A busca foi realizada na segunda quinzena de fevereiro de 2013. Foram incluídos ensaios clínicos controlados e randomizados, sem restrição de idioma ou período de publicação, que versavam sobre a intervenção fisioterapêutica em pacientes com amputação transtibial. Para avaliação da qualidade metodológica dos estudos foram utilizadas a Escala de Qualidade de Jadad e a Escala PEDro. Resultados: Pela estratégia de busca retornaram 23 artigos, dos quais três foram incluídos na revisão. Um utilizou a técnica de aprendizagem sem erros para a colocação da prótese, outro investigou os efeitos de um programa de treinamento de força e o terceiro comparou os efeitos da aplicação da bandagem convencional e a fisioterapia descongestiva na redução do edema no pós-operatório. Somente um estudo foi considerado de alta ou boa qualidade metodológica pelas Escala PEDro e Jadad, os outros dois estudos foram classificados de baixa qualidade metodológica pelas duas escalas. Conclusões: Observou-se evidência limitada para as modalidades de fisioterapia utilizadas. Descritores: Amputação; Modalidades de fisioterapia; Revisão. Abstract Introduction: Physical therapy contributes to the rehabilitation of persons following a transtibial amputation, but may also intervene in prevention and complications treatment. Objective: To investigate the physical therapy intervention in persons following a transtibial amputation. Methods: A systematic review of the PubMed, CINAHL, EMBASE, SPORTDiscus, PEDro, LILACS and SciELO databases was performed. The keywords "amputation" and "transtibial" were combined with the keywords "physiotherapy" or "physical therapy". The search was conducted in February 2013 without language restrictions. We included randomized controlled trials that focused on physical therapy intervention in persons following a transtibial amputation. The Jadad score and the PEDro score were used to assess the methodological quality. Results: Twenty-three studies were obtained from the search. Three were included in the review. One used errorless learning to fit a prosthetic limb, another investigated the effects of a strength training program, and the third study compared the conventional banding and decongestive physiotherapy to reduce edema postoperatively. Only one was considered of high or good methodological quality by Jadad and PEDro scales. The other two studies were rated low methodological quality by two scales. Conclusion: There was limited evidence for physiotherapy modalities used.
doi:10.5585/conssaude.v15n1.5589 fatcat:vwq7rdpjm5bjvkrhgydnuftw2i