Germinação e crescimento inicial de mangaba (Hancornia speciosa Gomes) em função de preparados homeopáticos Carbo vegetabilis e dias após o despolpamento para semeadura

ROGÉRIO JOSÉ PINTO, Nilbe Carla Mapeli, Cassiano Cremon, Elvis Frazão Silva
2014 Agrarian  
O objetivo do trabalho foi tratar as sementes de mangaba (Hancornia speciosa Gomes) com homeopatia de Carbo vegetabilis nas dinamizações centesimais 4CH, 12CH e 24CH e semeá-las aos 0, 2 e 4 dias após a coleta das mesmas de frutos despolpados para verificar a germinação e o crescimento inicial das plântulas. O delineamento foi inteiramente casualizado no esquema fatorial 3x3+1, sendo três períodos de semeadura e três homeopatias e uma testemunha (sem aplicação de homeopatia e semeada
more » ... semeada imediatamente após a coleta), com 4 repetições. As soluções Carbo vegetabilis 4CH e 24CH não diferiram quanto ao número de sementes germinadas, número de folhas, comprimento da parte aérea, peso da massa fresca de raízes e massa seca da parte aérea e raízes, entretanto seus valores médios foram inferiores ao da testemunha. O tratamento 12CH não promoveu nenhuma germinação e consequentemente não propiciou o crescimento da espécie. O dia zero de semeadura após o despolpamento dos frutos conferiu a germinação e crescimento da espécie mais significativos em relação aos demais dias. Nenhuma homeopatia ou período de semeadura após o despolpamento do fruto promoveu efeito no comprimento de raízes. A massa fresca da parte aérea foi maior na Carbo vegetabilis 24CH do que na 4CH ao 0 dia, porém ambas foram inferiores à água destilada no 4 dia de semeadura após o despolpamento. Conclui-se que as homeopatias Carbo vegetabilis 4, 12 e 24CH interferiram negativamente na germinação e crescimento das plântulas. As sementes devem ser semeadas logo após o despolpamento do fruto.
doi:10.30612/agrarian.v7i24.1862 doaj:7b2320f7a51c48388538fd37a1d22135 fatcat:tm5sl2u5n5bevmwh3okr3zgati