Classificação de áreas semiáridas e subúmidas secas utilizando diferentes índices climáticos

Eliton Sancler Gomes Sales, Wendy Kaori Matsunaga, Mayara Monique Almeida Moura Nunes, João Hugo Baracuy Da Cunha Campos, Josefina Moraes Arraut, José Ivaldo Barbosa de Brito
2021 Revista Brasileira de Geografia Física  
As delimitações das áreas semiáridas do Nordeste do Brasil e norte de Minas Gerais podem apresentar grandes diferenças conforme os métodos de classificação climática e de estimativa da evapotranspiração potencial (ET0) utilizados. Para demostra esta afirmação de forma quantitativa, nesta pesquisa, delimitou-se as áreas semiáridas usando dois métodos de classificação climática (1) índice efetivo de umidade de Thornthwaite (Im) e (2) índice de aridez do Programa das Nações Unidas para o Meio
more » ... nte (IaUNEP), enquanto, para a estimativa da ET0 usou-se os métodos de (1) Thornthwaite e (2) Penman-Monteith-FAO (PMF), totalizando quatro diferentes configurações de delimitações de áreas semiáridas. Com a utilização de Im observou-se um aumento do grau de aridez e de áreas semiáridas quando comparado com os resultados obtidos com o uso de IaUNEP. Do mesmo modo, ao usar a estimativa de ET0 pelo método PMF verifica-se um aumento da aridez e das terras semiáridas em comparação com a ET0 calculada por Thornthwaite. Como o método PMF é geralmente reconhecido como um método padrão para estimativa da ET0. Portanto, é possível certificar que o grau de aridez e de terras semiáridas no Nordeste do Brasil são mais elevados do que aqueles mostrados nos estudos com a estimativa de ET0 por Thornthwaite. Classification of semi-árid and sub-humid sreas using different climate indexes A B S T R A C TThe delimitations of semi-arid areas in the Northeast of Brazil and northern Minas Gerais can present great differences according to the methods of climatic classification and estimation of potential evapotranspiration (ET0) used. To demonstrate this statement in a quantitative way, in this research, we used two different methods of climate classification: (1) the moisture index of Thornthwaite (Im) and (2) aridity index of the United Nations Environment Program (IaUNEP), as well as, two methods to estimate ET0: of (1) Thornthwaite and (2) Penman-Monteith-FAO (PMF), totaling four different configurations of delimitations of semi-arid areas. As the use of Im an increase in the degree of aridity and semi-arid areas was observed when compared with the results obtained as the use of IaUNEP. Similarly, when using the ET0 estimate using the PMF method, there is an increase in aridity and semi-arid land compared to the ET0 calculated by Thornthwaite. As the PMF method is generally recognized as a standard method for estimating ET0. Therefore, it is possible to affirm that the degree of aridity and semi-arid lands in Northeast Brazil are higher than those shown in studies with the estimate of ET0 by Thornthwaite. Keywords: Semiarid, climatic classification, potential evapotranspiration
doi:10.26848/rbgf.v14.2.p479-491 fatcat:fp6trkm3frblddufaunsdww2m4