Canola oil and organic selenium in quail diets: fatty acid profile, cholesterol content and external egg quality

Aline Arassiana Piccini Roll, Cristiane Barsewish Hobuss, Francisco Augusto Burkert Del Pino, Victor Fernando Buttow Roll, Nelson José Laurino Dionello, Eduardo Gonçalves Xavier, Fernando Rutz
2016 Semina: Ciências Agrárias  
<p>Foram estudados os efeitos da substituição parcial ou total do óleo de soja (SO) por óleo de canola (CO), suplementado ou não com selênio orgânico (SeO) na dieta de codornas (Coturnix coturnix coturnix) sobre o perfil de ácidos graxos, o colesterol na gema e a qualidade externa dos ovos. Um total de 252 codornas foram alimentadas durante três períodos de 28 dias cada, utilizando seis tratamentos: Controle (SO); SO + 0,3ppm SeO; Óleo de canola (CO); CO + 0,3ppm SeO; ½ SO + ½ CO; ½ SO + ½ CO +
more » ... ½ CO; ½ SO + ½ CO + 0,3ppm SeO. O delineamento foi inteiramente casualizado e as médias dos tratamentos foram comparadas por contrastes ortogonais e teste de Duncan a 5%. Observou-se um aumento significativo de 4% nos níveis de ácido oleico na gema dos ovos com a suplementação de óleo de canola, em comparação com os demais tratamentos. A suplementação de SeO não alterou o perfil de ácidos graxos da gema. Nem o óleo de canola nem a suplementação de SeO afetaram o colesterol da gema. O peso do ovo foi maior nas aves alimentadas com CO suplementado com 0,3ppm SeO comparado com CO não suplementado, mas não diferindo dos demais tratamentos. Conclui-se do experimento que a substituição de SO por CO na dieta das codornas muda o perfil de ácidos graxos na gema, aumenta a concentração de ácido oleico e diminui o ácido linoleico, sem afetar outras características de qualidade do ovo.</p>
doi:10.5433/1679-0359.2016v37n1p405 fatcat:vp7obrf2h5cq7bvti6o53a5oh4