PROMOÇÃO DA SAÚDE DA MULHER E CANCER DE COLO DE ÚTERO: O FAZER DO ENFERMEIRO

Marina Braga Tavares, Sabrina Alaíde Amorim Alves, José Lucas Souza Ramos, Ana Aline Andrade Martins, Jacqueliny Barbosa Gomes, Jennifer Yohanna Ferreira de Lima Antão, Maria de Fátima Antero Sousa Machado
2017 Revista Eletronica Gestão & Saúde  
Objetivou-se investigar as práticas dos enfermeiros acerca da educação em saúde voltadas para o câncer de colo uterino. Trata-se de um estudo descritivo, de abordagem qualitativa, tendo como sujeitos 15 enfermeiros. Utilizou-se de uma entrevista semiestruturada para coleta de dados. Os dados foram analisados e organizados de acordo com a técnica de análise temática. Evidenciou-se que a educação em saúde para mulher na qual realiza o exame preventivo de câncer do colo uterino é uma realidade
more » ... é uma realidade presente no seu cotidiano e no âmbito dos serviços de saúde, no entanto, vale destacar que alguns profissionais detêm de uma percepção de educação em saúde tradicional, revelando ações pontuais, voltadas para doenças, realidade que pode implicar no planejamento dessas ações e implementação. Ainda foi observado que as estratégias utilizadas pelas enfermeiras para implementar as ações educativas vão de ações individuais, nas consultas de enfermagem a palestras e rodas de conversas. No entanto, embora relatassem facilidades para desenvolverem essas ações, principalmente destacando esses momentos como eficazes para promover a saúde da população, a falta de infraestrutura e recursos matérias continuam sendo dificuldades para efetivação das ações. Constatou-se que a educação em saúde representa um dos principais elementos para a promoção da saúde da mulher.
doi:10.18673/gs.v1i3.24231 doaj:6351a547a14345d8871194f16578cda4 fatcat:e6mrytafsze2topyemw7tzuvq4