REGIONALISMO PRESENTE NOS CARDÁPIOS DA ALIMENTAÇÃO ESCOLAR NO MUNICÍPIO DE CAMPINORTE- GOIÁS

Eduardo Policário Borges Guimarães, Juliana Menara De Souza Marques, Lucas Luiz de Lima Silva, Cleia Graziele Lima do Valle Cardoso
2019 Hygeia : Revista Brasileira de Geografia Médica e da Saúde  
Introdução: O Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE possui uma magnitude e revela a importância da atuação do nutricionista para resgate da cultura e hábitos alimentares regionais. Objetivo: analisar a presença do regionalismo na alimentação escolar do município de Campinorte-GO. Metodologia: análise documental dos cardápios dos anos de 2016 e 2017 ofertados pela rede municipal de ensino para analisar a presença de preparações regionais. Além disso, foi escolhido um cardápio mensal
more » ... cardápio mensal para realização de análise pela ferramenta fornecida pelo Fundo Nacional para o Desenvolvimento da Educação – FNDE, o Índice de Qualidade da Coordenação de Segurança Alimentar Nutricional – IQ COSAN. Resultados: observou-se que todos os cardápios foram elaborados por nutricionista, sendo que de 375 preparações servidas, somente 25,6% foram consideradas regionais após análise de materiais técnicos do Ministério da Saúde sobre alimentos regionais. Identificou-se cinco preparações consideradas regionais: arroz Maria Isabel, canjica, feijão tropeiro, galinhada e quibebe. Conclusão: Percebe-se que ainda é deficiente a inclusão de preparações regionais no cardápio para cumprir as exigências do PNAE. O estudo leva a concluir que o nutricionista é o profissional melhor qualificado para realização das diretrizes do programa PNAE estabelecendo a valorização do regionalismo na elaboração dos cardápios.
doi:10.14393/hygeia153147097 fatcat:aqrvbs4pmngzbfpz3tyh4y4e3u