Carlos Lessa

Fabio Sá Earp
2010 Revista de Economia Contemporânea  
Carlos Francisco Theodoro Machado Ribeiro de Lessa teve uma rica trajetória profi ssional 1 antes de se tornar professor emérito do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Nunca foi um intelectual acadêmico no sentido estrito, tendo tido uma ampla participação política e na gestão pública e privada que transcende os limites da prática de um professor universitário padrão. Em decorrência dessa experiência diversifi cada, uma característica de Lessa é o fato de que sua
more » ... fato de que sua contribuição mais importante para o debate político e econômico no Brasil não se deu por meio da obra escrita, mas das aulas e das milhares de conferências que ministrou a partir da década de 1960. É difícil aos olhos de hoje em dia entender a importância da conferência em um mundo que não dispunha de Internet e no qual parte da informação vinha censurada e as reuniões públicas eram pautadas pelo medo da repressão. Orador brilhante, usando uma retórica que levava a plateia do enlevo ao riso e daí à indignação, Lessa é há meio século um dos mais populares palestrantes da história do país. Universidades, sindicatos, associações de classe as mais variadas foram palco para sua oratória sedutora, que transformam uma apresentação sobre o árido terreno da economia em uma experiência próxima de uma atividade de entretenimento, permeada por tiradas inesquecíveis. A obra de Lessa só é plenamente compreensível se entendemos sua visão, no sentido schumpeteriano do termo. 2 A visão que esse autor tem dos fenômenos que lhe interessa analisar foi forjada ao longo da vida a partir de seu contato com a pobreza. Criado em uma família de elite intelectual próspera * Professor associado do IE-UFRJ. O autor agradece os comentários de Fabio Erber e George Kornis,
doi:10.1590/s1415-98482010000200008 fatcat:mqzptpvorrfv7ef3j53mmytsdi