Uma reprodução simbólica do universo social: o sepultamento de escravos no cemitério dos Pretos Novos, no Rio de Janeiro dos séculos XVII a XIX

Júlio César Medeiros da S. Pereira
2008 Sankofa  
Este artigo pretende examinar os sepultamentos realizados no cemitério dos Pretos Novos, à luz da abordagem da história cultural. Buscando analisar os aparelhos simbólicos partilhados por ambas as culturas, a fim de resgatar a especificidade do referido campo santo e o seu lugar na sociedade brasileira dos séculos XVII a XIX.
doi:10.11606/issn.1983-6023.sank.2008.88722 fatcat:4t4ap3hmvbejbdmkdzsiuoo7cy