Encefalite autolimitada na COVID-19: relato de um caso

Marcos Manoel Honorato, Adriane Cristina Vieira Santos, Felipe Luan Lima Silva, Renata Carvalho Cremaschi, Fernando Morgadinho Coelho
2021 Pubsaúde  
Introdução: COVID-19 é uma infecção sistêmica pelo novo coronavírus (SARS-COV2), que surgiu na China em 2019 e tem assolado o mundo. Sua taxa de contágio é elevada e já causou milhões de mortes em todos os continentes. Embora assintomática na maioria dos pacientes, muitos casos geralmente provocam síndrome respiratória aguda grave. Sintomas neurológicos, principalmente cefaléia, anosmia e confusão mental, são proeminentes, possivelmente devido ao envolvimento direto de estruturas cerebrais ou
more » ... sistema nervoso periférico. Casos de encefalite grave tem sido relatado em vários países. Perda de memória parece ser uma sequela frequente. Relato de caso: Nós descrevemos o caso de uma mulher jovem que apresentou crises epilépticas devido à infecção pelo coronavírus, com alterações no líquor e anormalidades transitórias na neuroimagem, evoluindo com melhora espontânea. Discussão: Nossos achados sugerem a existência de casos de encefalite pós-covid de natureza autoimune com evolução benigna, uma entidade potencialmente subdiagnosticada diante das manifestações mais graves da pandemia, e talvez responsável por sequelas como perda de memória e anosmia.
doi:10.31533/pubsaude7.a225 fatcat:i2gj7m5lbbgtln4xc3exgmx2eu