Transtornos Neuropsiquiátricos em Idosos Institucionalizados no Sul de Santa Catarina (Brasil)

Alceu V. Panini, Jaqueline F. Menegasso, Laryce Galvan, Viviane P. Feldens, Daniele B. Vinholes
2013 Medicina (Ribeirao Preto Online)  
RESUMO Contexto: O processo de envelhecimento está associado às doenças que podem comprometer o bom funcionamento do sistema nervoso central. Objetivo: Avaliar característica de declínio cognitivo e prevalência de sintomas depressivos e sua associação com dados sociodemográficos de idosos institucionalizados em três instituições de longa permanência do sul de Santa Catarina. Métodos: Estudo transversal, avaliando todos idosos institucionalizados em Tubarão e Laguna/SC. Participaram da presente
more » ... esquisa 66 idosos, com idade maior ou igual a sessenta anos, de ambos os gêneros. Para coleta de dados utilizou-se um questionário padronizado abordando dados sociodemográficos, a Escala de Depressão Geriátrica reduzida (EDG-15) e o Mini-Exame do Estado Mental. Resultados: A população estudada era predominantemente feminina, viúva e média de idade 77,3±9,9anos. Sintomas depressivos estiveram presentes em 62,1% dos idosos. Possível déficit cognitivo esteve presente em 37,87% da população. Conclusão: Alta prevalência de sintomas depressivos e déficit cognitivo estiveram presentes nos idosos residentes nas instituições de longa permanência pesquisadas. Diante de tais fatos, o serviço de saúde do Brasil deve estar preparado para avaliar e tratar tais pacientes, a fim de melhorar a qualidade de vida dos idosos institucionalizados. Palavras-chave: Idosos. Transtornos Neuropsiquiátricos. Institucionalização. Depressão. Déficit Cognitivo. ABSTRACT Background: The process of aging is associated with the diseases that may compromise the proper functioning of the central nervous system. Objectives: To evaluate the prevalence of cognitive decline and depressive symptoms and their relationship with sociodemographic characteristics of institutionalized elderly in three long-stay institutions in south of Santa Catarina. Methods: cross-sectional study was carried out with all institutionalized elderly in Tubarão and Laguna (SC). In this study were interviewed 66 individuals, 60 years of age or older, male and female. The data collection was performed through a standardized questionnaire with sociodemographic characteristics, the Geriatric Depression Scale in the reduced form (GDS-15) and Mini-Mental State Examination. Results: The study population was pre-dominantly female, widowed, mean age 77.3±9.9 years old. Depressive symptoms were present in 62.1% of institutionalized elderly. The cognitive decline was present in 37.87% of the institutionalized elderly. Conclusion: High prevalence of depressive symptoms and cognitive deficits were present in the elderly living in long-stay institutions surveyed. Given these facts, the health service in Brazil should be prepared to evaluate and treat institutionalized elderly, improving the quality of life of elderly patients.
doi:10.11606/issn.2176-7262.v46i4p374-380 fatcat:juctzz4nqrdphkyusxiucjyazm