Incompreensões, desconfortos e escândalos na moda contemporânea

Axel Moulinier
2019 Dobras  
O escândalo na moda do século XX nunca deixou de ganhar visibilidade. Os anos 1980 são aqueles dos costureiros «superstars»3, lançados ao centro do furacão midiático. No decorrer do período compreendido entre 1980 e 2015, os olhos da opinião pública estiveram voltados para as Semanas de Moda, que despontaram nos quatro cantos do mundo. Nova York, Londres, Milão, Paris e uma infinidade de outras Semanas, mais periféricas e menos tradicionais, passaram, então, a pautar a moda internacional.
more » ... elmente, é também graças a esta nova visibilidade que o escândalo passou a ter uma maior dimensão na moda: a anorexia, por exemplo, é, dentre os debates ligados à área, um dos mais ativos na esfera pública, assim como o racismo na seleção de modelos e a objetificação dos corpos das mulheres. Em paralelo aos desfiles, quase sempre as coleções contam também com o suporte de uma campanha publicitária fotográfica. Como confessou Rei Kawakubo, «as fotos na imprensa ajudam enormemente» (MANESCEAU; PAILLE; SEZE, 1987). Desfiles e fotografias constituem-se, então, nos vetores essenciais para se observar o aspecto polimórfico do escândalo na moda durante as três últimas décadas. [...]
doi:10.26563/dobras.v11i25.864 fatcat:7noyihn2pbeanfuh3m4hxoj7ke