Citogenética de Quirópteros: métodos e aplicações

Marileila Varella-Garcia, Valdir Antonio Taddei
1989 Revista Brasileira de Zoologia  
lnformation about standard karyotypes, C-band, C-band and Ag-NOR staining patterns and other chromosomal data are reviewed for species of the New World bats. Techniques for collecting and processing the specimens, for the preparation of C-and C-band chromosomes and f or staining of nucleolus organizer regions are described. Systematic implication are also discussed. I. INTRODUÇÃO Os quirópteros são mamiferos com caracteri'sticas morfológicas e fisiológicas peculiares, que os capacitam ao
more » ... iro vôo. A maioria das espécies tem o poder de ecolocalização, o que lhes permite ocupar abrigos menos expostos à predação e à competição , bem como explorar de modo mais eficiente os recursos oferecidos pelo meio , devido a diversificação de seus hábitos alimentares. Consequentemente, os quirópteros constituem um grupo bem sucedido, representado nas regiões temperadas e tropicais de todos os continentes e, em muitas áreas, são os mamiferos mais freqüentes e com maior diversidade de espécies. Na lO a . edição do Systema Naturae de Lineu , publicada em 1758, já haviam sido classificadas sete espécies de morcegos, de acordo com o sistema binominal de nomenclatura zoológica atualmente utilizado (cf. KOOPMAN e JONES JR., 1970). Recentemente tem sido considerado que a ordem Chiroptera, subdividida nas subordens Megachiroptera e Microchiroptera, engloba aproximadamente 900 espécies, distribuídas em 175 gêneros de 17 fami1ias (KOOPMAN, 1984) . A subordem Megachiroptera é constituída apenas pela família Pteropodidae, que reune 42 gêneros e cerca de 160 espécies. Sua distribuição restringe-se às regiões tropicais e subtropicais da África, Sudeste da Ásia, Austrália, Samoa e Ilhas Carolinas (KOOPMAN, 1970) e alguns de seus membros são de grande porte, podendo alcançar até 170 cm de envergadura. A maioria dos Pteropodidae tem hábito alimentar frugívoro , mas as espécies de Macroglossinae alimentam-se basicamente de pólen e néctar (W ALKER, 1975).
doi:10.1590/s0101-81751989000200015 fatcat:qbei33zjsba7xj6bqhpmqng7ay