O pai da horda e o supereu: de um prenúncio da instância

Alan Souza Lima, Maurício Rodrigues Souza
2016 Psicologia USP  
Resumo Este artigo desenvolve reflexões que visam evidenciar o lugar de destaque da obra Totem e Tabu no corpo teórico da psicanálise. Utiliza-se então a noção de supereu, que reconhecemos enquanto exemplo profícuo deste "poder heurístico" de Totem e Tabu para suscitar desenvolvimentos sobre a cultura, clínica e teoria psicanalítica. O supereu consiste numa noção importante da teoria psicanalítica mesmo antes de sua formulação enquanto instância psíquica; trata-se de um elemento conceitual em
more » ... nto conceitual em constante trabalho de elaboração. Por conseguinte, acentua o aspecto equívoco de tal conceito, pois consiste em uma noção atravessada por paradoxos. Por fim, utiliza a obra O Eu e o Isso enquanto outro polo desta empreitada, pois é nessa obra que o supereu é enfim nomeado e designado como instância psíquica. Ressalta-se aqui o aspecto paradoxal do supereu de poder ser referido ao lugar do pai no mito freudiano da horda primitiva.
doi:10.1590/0103-656420150131 fatcat:b4otwsty7nabhltvo3nr2nli5e