Forma da correlação T-S de massas de água das regiões costeira e oceânica entre o Cabo de São Tomé (RJ) e a Ilha de São Sebastião (SP), Brasil

Luiz Bruner de Miranda
1985 Boletim do Instituto Oceanográfico  
As variações na estrutura e em propriedades de massas de água da plataforma continental e das de água oceânica adjacente são estudadas com base em expressões analíticas das curvas T-S, As medições das variáveis oceanográficas foram feitas por métodos clássicos numa rede de estações hidrografiacas, as quais foram amostradas em cinco intervalos de tempo (5-10 dias) cada um, entre os meses de janeiro de 1970 e fevereiro de 1971. A revisão da classificação das massas de água usada sob condições
more » ... a sob condições regionais confirma que as Massas de Água Subtropical Profunda (ASTP), Subtropical (AST) e Centrando Atlântico Sul (ACAS), são designações diferentes de uma mesma massa de água. A ultima nomenclatura, Água Central do Atlântico Sul (ACAS), é sugerida para indicar a massa de água com índice termohalino (20,0ºC; 36,36 ‰) , a qual e observada sob a Massa de Água Tropical. Esse valor de salinidade e um pouco maior do que o índice termohalino modificado da ACAS (36,20 ‰) e pode ser usado com vantagem nos cálculos volumétricos na área. As expressões polinomiais da curva T-S, cujos coeficientes foram determinados pelo método dos mínimos quadrados, foram usadas em aplicações práticas. Nessas aplicações, foram desenvolvidos métodos alternativos para a determinação da derivada termohalina e da razao de densidade constante (Rρ = αdT/βdS).
doi:10.1590/s0373-55241985000200002 fatcat:tzjmf4cntjdk3a723hyxkhg4rq