Cidades Inteiras de Homens Inteiros

Manoel Lemes, Silva Neto, Manoel Lemes, Silva Neto, Manoel Lemes, Silva Neto, Manoel Lemes, Silva Neto, Manoel Lemes, Silva Neto
unpublished
O espaço urbano na obra de Milton Santos "Devemos nos preparar para estabe-lecer os alicerces de um espaço ver-dadeiramente humano, de um espa-ço que possa unir os homens para e por seu trabalho, mas não para em seguida dividi-los em classes, em exploradores e explorados; um espa-ço matéria inerte que seja trabalha-da pelo homem mas não se volte contra ele; um espaço natureza social aberta à contemplação direta dos seres humanos, e não um fetiche; um espaço instrumento de reprodução da vida, e
more » ... rodução da vida, e não uma mercadoria tra-balhada por outra mercadoria, o ho-mem fetichizado." 1 O texto apresenta um panorama do pensamento de Milton Santos sobre o espaço urbano: dos estudos desenvolvidos na Bahia nos anos de 1940 e 1950 às declarações que fez em reunião do DOCOMOMO, em 2000. As cidades do Terceiro Mundo foram objeto de sua constante preocupação. A importância dessa reflexão, que em muito transcende o campo da ciência geográfica, é estímulo para que outros investigadores prossigam com o seu trabalho. Palavras-chave: planejamento urbano, urbanismo, geografia urbana. This paper presents a view of Milton Santos work on urban space: from the texts he wrote in Bahia during the years 1940-1950, to the late statements he delivered during the DOCOMOMO meeting in 2000. Third World cities have always been at the center of his concerns. Such a constant and valuable reflection that goes indeed beyond the mere geographic field is a call for other researchers to carry on his work.
fatcat:krz7vwik5zdkdaxhkzlyrogvyu