ESTIMATIVA DOS CORTES DIANTEIRO, COSTILHAR E SERROTE A PARTIR DO PESO DA CARCAÇA E DA CONFORMAÇÃO EM NOVILHOS HEREFORD

Pedro Jardim, C Da, José Osório, S Da, Jaime Tarouco
1995 Rev. Bras. de AGROCIÊNCIA, v.1, nº   unpublished
CEP 96010-900-Tel (0532) 757270-Pelotas/RS-Brasil (Recebido para publicação em 06/10/94) RESUMO O trabalho avalia o uso de medidas de fácil obtenção (conformação e peso de carcaça) como estimadores de peso dos cortes bovinos: serrote, costilhar e dianteiro. No experimento foram utilizados 58 carcaças de novilhos Hereford, criados em campo nativo e abatidos com 36 meses de idade. Os resultados, analisados estatísticamente, mostram que a conformação é um estimador pouco preciso do peso dos cortes
more » ... do peso dos cortes serrote, costilhar e dianteiro. Já o peso da carcaça quente é uma medida mais precisa, devendo portanto ser incluída em um sistema de avaliação de carcaças. Palavras-chave: carcaças, novilhos, Hereford, cortes da carcaça ABSTRACT This work studied the use of easy measurements (carcass conformation and carcass weight) as estimators of the weight of bovine cuts: forequarter, rib and hindquarter. Fifty eight Hereford steers carcasses were used in this experiment. The animals were raised in native pasture conditions and slaughtered with thirty six month of age. The results showed that conformation independent variable was poor estimator of the weight of cuts forequarter, rib and hindquarter. Already isolatedly warm carcass weight was the most precise measurement to estimate the weight of all cuts, therefore it must be included in a carcass evaluation system. INTRODUÇÃO O sistema de tipificação procura utilizar medidas de fácil obtenção que realmente avaliem as diferenças em quantidade e qualidade existentes entre as carcaças. Os pesos, vivo ou da carcaça, são utilizados pelos frigoríficos brasileiros para remunerar o produtor. O peso da carcaça e a conformação são medidas que estão incluídas no sistema de tipificação nacional de carcaças (BRASIL, 1990). O peso vivo é uma medida objetiva, e segundo GUARENTI (1980), ZIEGLER (1980) e DODE (1984) apresenta uma elevada relação com o peso dos cortes serrote, costilhar e dianteiro quando não houver recorte de gordura. A conformação é uma medida subjetiva que avalia fundamentalmente o desenvolvimento das massas musculares. MULLER (1980), refere-se a conformação como medida quantitativa, levando em consideração que animais de maior hipertrofia muscular proporcionam cortes com melhor aparência para o consumidor mais exigente, tendendo a apresentar menor proporção de osso e maior de porção comestível. A relação existente entre a conformação e o peso dos cortes serrote, dianteiro e costilhar é positiva e significativa, segundo DODE (1984) e FARIAS et al (1986). Entretanto, JARDIM (1975), trabalhando com novilhos Aberdeen Angus, obteve um coeficiente de determinação não significativo entre a conformação e o peso do corte serrote. Para verificar a possibilidade da utilização da conformação e do peso da carcaça, como estimadores do peso dos cortes dianteiro, costilhar e serrote, em novilhos Hereford , foi realizado o presente trabalho. MATERIAL E MÉTODOS Animais O experimento utiliza carcaças de 58 novilhos da raça Hereford, com aproximadamente 36 meses de idade, criados exclusivamente em pastagem natural e que foram abatidos no Frigorífico Extremo Sul, Pelotas-RS, após um período de jejum de 24 horas, sob inspeção federal. As carcaças foram seccionadas no sentido longitudinal, seguindo uma linha no centro da coluna vertebral, sendo resfriadas por um período de 24 horas, a temperatura de 1ºC, após o qual foram avaliadas e cortadas.
fatcat:pbofv23vhzg2nh6woibovmpin4