Exercício Físico e a Integração Entre os Sistemas Nervoso, Endócrino e Imune

Samuel Cavalcante Reis, Faculdades Integradas Aparício Carvalho (FIMCA), Porto Velho-RO., Diego Andreazzi Duarte, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), SP
2018 Revista Eletrônica Acervo Saúde  
Revisar na literatura científica a integração do exercício físico (EF) entre o sistema nervoso central, Endócrino e Imune. Métodos: Revisão bibliográfica narrativa que se deu por fundamentação teórica por meio de buscas nas bases de dados científicos Pubmed e Medline. Resultados e Discussão: O EF quando realizado a uma carga súbita, parece ocorrer alterações nos níveis e na atividade de células do Sistema Imunológico (SI) e durante o EF, é observado um acrescimento na concentração de dopamina e
more » ... noradrenalina a nível encefálico e consequente secreção de diversos hormônios. As células do SI possuem receptores para as catecolaminas, endorfinas, cortisol e hormônio do crescimento (GH), além de diversos outros mediadores envolvidos na reação ao estresse. Apesar de muitas correlações na literatura cientifica sobre o efeito do exercício físico a atividade imunitária, o exato mecanismo ainda não foi elucidado, nem tão pouco sobre o papel e a importância do sistema nervoso central e endócrino nesse processo subfisiológico. Considerações finais: As evidências disponíveis permitem concluir, que o EF tem importante efeito modulador sobre a dinâmica do organismo, situação em que não somente o Sistema Neuroendócrino coparticipam, mas também outros sistemas do organismo.
doi:10.25248/reas602_2018 fatcat:q2oqss4nundljl2ryggmyyqrla