Pulseira fotográfica como ferramenta inovadora no protocolo de identificação do paciente com transtorno mental agudo

Andreia Novais Dias Blanco, Renata Flavia Abreu Da Silva, Vanessa De Almeida Ferreira Corrêa, Amanda Rebeca de Oliveira Rebelo
2020 Revista Enfermagem UERJ  
Objetivo: descrever a elaboração de protocolo para a identificação do paciente com transtorno mental agudo. Método: estudo exploratório e qualitativo, realizado de maio 2018 a janeiro 2019, por meio das etapas: revisão integrativa da literatura, questionário online respondido por 17 profissionais de saúde vinculados à Sociedade Brasileira para a Qualidade do Cuidado e Segurança do Paciente, e grupo focal com 04 especialistas em Saúde Mental. Para tratamento dos dados, utilizou-se a análise
more » ... u-se a análise descritiva e comparativa. Resultados: na revisão não encontraram-se artigos sobre identificação do paciente com transtorno mental agudo. Na consulta aos especialistas da segurança do paciente identificou-se que 82,3% não possuíam em suas instituições protocolo específico. No grupo focal evidenciou-se dificuldade na identificação deste paciente. Conclusão: acredita-se que o protocolo com a inserção da pulseira fotográfica apresenta-se como uma ferramenta inovadora na redução de riscos associados à identificação deste paciente.
doi:10.12957/reuerj.2020.42793 fatcat:xqaub3546vdphiwfibrt3mmtdq