Crioprotetor para sêmen de carneiro a base de plasma de gema mantém membrana acrossomal intacta após a descongelação

Ivo Walter dos Santos, Jandui Escarião da Nóbrega Junior, Matheus Pedrotti de Cesaro, Gustavo Freitas Ilha, Monique Tomazele Rovani, Paulo Bayard Dias Gonçalves
2015 Ciência Rural  
O presente estudo teve como objetivo avaliar a capacidade crioprotetora das lipoproteínas de baixa densidade (LDL) presentes no plasma de gema de ovo, adicionado ao trihidroxiaminometano (TRIS) para congelar sêmen ovino. Trinta e seis ejaculados foram coletados para formar 12 "pool". Cada alíquota de sêmen foi diluída em TRIS-gema de ovo (TRISG) ou TRIS- plasma de gema de ovo (TRISP) antes de congelar o sêmen. Para a obtenção do plasma da gema de ovo, foi utilizado o método de
more » ... e ultracentrifugação. Após o descongelamento, não houve diferença entre os dois extensores em relação aos parâmetros seminais (motilidade, viabilidade, membrana acrossômica e plasma). No entanto, no Teste de Termo Resistência Lenta (TTRL - 4h/38°C), o sêmen congelado com TRISP resultou no aumento do número de espermatozoides com acrossoma intacto (P<0,032). Conclui-se que o diluente TRISP é uma alternativa para criopreservação do sêmen de carneiros, pois permite uma melhora da característica seminal em relação ao diluente TRIS gema, mas sem a necessidade do processo de purificação das LDL.
doi:10.1590/0103-8478cr20131451 fatcat:q44mvffhyrafljiezl6tbpipaa