Pegada hídrica da soja em cenários de mudanças climáticas na última fronteira agrícola do Cerrado nas regiões Norte e Nordeste

João Francisco Severo Santos, Liliana Pena Naval, Danuza Francisco Costa Leite, Danilo Ribeiro Barbacena, Fernanda Alves Silva Severo
2020 Agrometeoros  
A Pegada Hídrica – PH é um indicador que quantifica e mapea o consumo de água de produtos e modelos de produção. A produção de soja no Cerrado utiliza grandes quantidades de água e envolve supressão da vegetação nativa, o que pode provocar e/ou intensificar as mudanças climáticas locais. O objetivo desse estudo foi analisar a PH da produção de soja no Cerrado dos estados das regiões Norte e Nordeste diante de dois cenários futuros. Para isso, os cenários otimista e pessimista foram utilizados
more » ... foram utilizados gerar dados climáticos no simulador Marksin-GCM 3.2, a fim de serem inseridos no modelo Aquacrop 5.0 para estimar o rendimento da soja nas safras de 2050 e 2080, bem como sua PH. Os resultados revelaram não haver diferenças significativas entre a média da PH relativa (m³/t) do período 1999-2018 e qualquer cenário futuro. Todavia, a PH absoluta (km³) apresentou aumentos significativos em todos os cenários devido a tendência de expansão das áreas de cultivo. Assim, se as tendências se mantiverem, a PH da produção de soja aumentará de 9,59 km³, em 2018, para até 37,46 km³ (cenário pessimista em 2080).
doi:10.31062/agrom.v27i1.26596 fatcat:c4bqlpqxg5e63ateh2dhfbciwa