A transversalidade da diversidade de gênero e sexualidade na educação em saúde

Luciane Senna Ferreira, Jeandro da Silva Borba
2021 Revista de Educação Popular  
O relato parte da experiência do Projeto Saúde, desenvolvido, em 2019, com o Ensino Médio, pelo Instituto Federal do Rio Grande do Sul, Campus Osório. O objetivo foi realizar atividades de Educação em Saúde, criando uma rede de vínculo entre escola e Secretaria Municipal de Saúde para desenvolver ações direcionadas às demandas enfrentadas no cotidiano escolar. Foi adotada a perspectiva de saúde articulada a questões de gênero e sexualidade, considerando a realidade adolescente. A metodologia
more » ... vilegiou a oficina, valorizando o protagonismo estudantil como agente de transformação social. O projeto possibilitou a construção do vínculo entre a Secretaria e o Instituto, o fortalecimento estudantil no reconhecimento das situações de vulnerabilidades, para que possam se proteger e se mobilizarem contra elas, e subsídios para futuros projetos de educação em saúde. Algumas dificuldades/limitações ocorreram no decorrer da proposta, como tempo e período de execução, recurso humano e forma de avaliação. O projeto foi relevante por apresentar o tema da saúde relacionado com os de gênero e sexualidade, problematizando-os nas vivências das/dos estudantes e, também, por apontar a importância do vínculo entre setores de saúde e escola para promoção de espaços que trabalhem educação em saúde com as/os adolescentes.
doi:10.14393/rep-2021-54896 fatcat:ea4rir7ylvhw3fuu3hraambbpm