Qualidades Psicométricas da Versão Portuguesa da SOCRATES 8D numa Amostra de Heroinodependentes em TratamentoQualidades Psicométricas da Versão Portuguesa da SOCRATES 8D numa Amostra de Heroinodependentes em Tratamento

Luís Janeiro, Luís Faísca, María José Lopez Miguel
2016 Revista Iberoamericana de Diagnóstico y Evaluación - e Avaliação Psicológica  
Resumo No presente estudo, adaptámos a Stage of Change Readiness and Treatment Eagerness Scale (SOCRATES, versão 8D) à língua portuguesa com o objetivo de analisar a sua estrutura fatorial e as suas propriedades psicométricas. A escala foi aplicada a uma amostra constituída por 100 adultos, maioritariamente heroinodependentes, em tratamento ambulatório ou com internamento. A Análise de Componentes Principais das respostas permitiu identificar três dimensões -Reconhecimento do Problema, Ação e
more » ... Problema, Ação e Ambivalência -, evidenciando uma estrutura fatorial semelhante à originalmente proposta por Miller e Tonigan (1996). Os índices de consistência interna e estabilidade temporal para estas medidas foram adequados. O estudo da validade externa revelou que os resultados das subescalas diferenciavam contextos de tratamento e se associavam à avaliação dos heroinodependentes acerca das expectativas de tratamento e da equipa técnica. Assim, a versão portuguesa da SOCRATES 8D reúne as características psicométricas adequadas para avaliação da motivação para o tratamento em toxicodependentes. Palavras-chave: motivação para o tratamento, tratamento da toxicodependência, heroinodependentes, SOCRATES, análise psicométrica Abstract In the present study, we adapted the Stage of Change Readiness and Treatment Eagerness Scale (SOCRATES, version 8D) to the European Portuguese and we examined its factor structure and psychometric properties. The scale was applied to a sample of 100 adults, mostly heroin addicts, in outpatient or inpatient treatment. A Principal Component Analysis applied to the data revealed three dimensions -Problem Recognition, Taking Steps and Ambivalence -, corresponding almost exactly to the factor structure originally proposed by Miller and Tonigan (1996) . The reliability indices for SOCRATES three subscales (internal consistency and temporal stability) were adequate. External validity study showed that the subscales differentiated treatment contexts and were associated to the participants' evaluation regarding the treatment expectations and the technical team. Thus, the Portuguese version of SOCRATES 8D seems to possess the proper psychometric properties to evaluate drug addicts' treatment motivation. Este trabalho foi parcialmente suportado pela Fundação da Ciência e Tecnologia (Portugal) através do financiamento ao CBMR (referência: UID/BIM/04773/2013 CBMR 1334).
doi:10.21865/ridep42_179 fatcat:ps3qwvbu25a3jddfixwvy447qu