Controlo da Dor em Pediatria - A Experiência de Utilização da Mistura Equimolar de Protóxido de Azoto

Catarina Alexandra Escobar, Marta Silva, Sofia Marques
2020
Introdução: As intervenções de enfermagem no controlo da dor em pediatria são fundamentais para assegurar uma prestação de cuidados de qualidade. A implementação atempada de medidas não farmacológicas e farmacológicas para a gestão e controlo da dor na criança/jovem tem sido uma área de investimento de modo a promover uma experiência de hospitalização atraumática. Objetivo: Neste artigo pretende-se partilhar a experiência de utilização da Mistura Equimolar de Protóxido de Azoto e Oxigénio
more » ... to e Oxigénio (MEOPA) num Serviço de Internamento de Pediatria, de um Hospital Nível II (médico-cirúrgico), salientando-se o seu processo de implementação e integração no contexto profissional. Materiais e Métodos: Recorreu-se a pesquisa bibliográfica e procedeu-se ao estudo das práticas associadas à experiência de sete anos (2013 a 2019) com MEOPA, incluindo a análise de: consumo de garrafas deste gás, intervenção do Enfermeiro na administração da MEOPA e uma amostra por conveniência de 54 crianças/jovens sujeitas à administração da MEOPA durante o internamento. Resultados: O consumo de garrafas da MEOPA foi crescente ao longo dos anos, sendo caracterizado por ser um recurso seguro, eficaz e de fácil utilização. A amostra das 54 crianças/jovens estudada foi constituída por 61% do sexo masculino, a mediana de idades foi de 8 anos (intervalo interquartil I25-75=[5; 13,5], alcance=[2; 17] anos). Os procedimentos que motivaram o recurso à administração da MEOPA consistiram em: cateterização venosa periférica (74%), colheita de sangue (24%) e realização de exames (2%). Em 86% das crianças/jovens a dor antes e após a realização do procedimento foi avaliada em zero. Cerca de 14% das crianças/jovens apresentava dor prévia, com mediana de 3,5 na escala de dor (I25-75=[2; 4,75], alcance=[2; 7]) e após a realização do procedimento reavaliou-se a dor obtendo-se uma mediana de 1(I25-75=[1], alcance=[0;1]). Relativamente ao tempo de administração da MEOPA correspondeu em 61% a um tempo menor ou igual a 10 minutos, 31% entre 10 a 20 minutos, 6% entre 20 a [...]
doi:10.34632/cadernosdesaude.2019.5304 fatcat:igs2vxaobzbm3jqi4gsl55v2ke