SOFRIMENTO MORAL EM ENFERMEIROS: DESCRIÇÃO DO RISCO PARA PROFISSIONAIS

Rafaela Schaefer, Elma Lourdes Campos Pavone Zoboli, Margarida Vieira
2018 Texto & Contexto Enfermagem  
RESUMO Objetivo: descrever o perfil de enfermeiros e a frequência de ocorrência de fatores de risco de sofrimento moral. Método: estudo quantitativo, descritivo e transversal, realizado com 268 enfermeiros assistenciais, atuantes no Rio Grande do Sul (Brasil), em de instituições hospitalares e unidades de saúde de atenção primária, durante os meses de março e julho de 2016. A coleta de dados foi online, através da ferramenta GoogleDocs. Foram utilizadas uma escala de risco de sofrimento moral e
more » ... sofrimento moral e um conjunto de variáveis para caracterização do participante e do seu contexto de trabalho. Resultados: a amostra foi constituída, sobretudo, por mulheres, jovens, que mantinham um vínculo empregatício, trabalhavam entre 36h e 40h por semana, com renda mensal média entre cinco e sete salários mínimos e cerca de dez anos de experiência na enfermagem. O risco de sofrimento moral foi considerado moderado, com um considerável percentual de profissionais demonstrando intenção de abandonar o emprego atual. Conclusão: o sofrimento moral é uma realidade vivenciada pelos enfermeiros investigados, sendo a identificação dos fatores de risco uma das ferramentas no processo de construção de estratégias de enfrentamento.
doi:10.1590/0104-07072018004020017 fatcat:6t2wubsmwjbjpaziftxz5lbuwq