Enfrentamento a covid-19: importância da educação permanente em serviços de saúde

José Luís Silva dos Santos, Filipe Almeida de Santana, Clarice Souza Serafim, Lucas Ribeiro de Freitas, Wenderson Laelcio da Silva Oliveira, Marcos Vinicius Santana de Melo, Douglas Henrique Da Silva Ferreira, Wanuska Munique Portugal, Lenio José de Pontes Costa, Giselda Bezerra Correia Neves
2021 Revista Eletrônica Acervo Enfermagem  
Objetivo: Identificar na literatura quais são as evidências científicas sobre a importância da Educação Permanente em Saúde (EPS) como estratégias de enfrentamento a pandemia da COVID-19. Métodos: Revisão integrativa desenvolvida a partir de publicações, entre os anos de 2019 a 2021, nas bases de dados Medical Literature Análise e Retrieval System on-line (MEDLINE), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), Banco de Dados em Enfermagem (BDENF) e Índice Bibliográfico
more » ... Espanhol em Ciências da Saúde (IBECS) através da Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), além de levantamento bibliográfico na base de dados da Acervo+. Resultados: Encontraram-se 91 artigos nas bases de dados, sendo selecionados 17 artigos para compor a revisão integrativa, tendo como predominância de estudos relatos de experiência, dos quais em sua maioria apresentavam estratégias de intervenções no combate à COVID-19. Considerações Finais: A alta transmissibilidade da SARS-CoV-2 apresenta-se como um desafio para a saúde pública, com significativos impactos na economia mundial, e nos sistemas de saúde, através das ações educativas tais como Higienização das mãos; Paramentação e Desparamentação; Simulação clínica; Uso de tecnologias digitais entre outros. Diante deste cenário pandêmico a EPS é uma ferramenta imprescindível no enfrentamento a pandemia da COVID-19.
doi:10.25248/reaenf.e8669.2021 fatcat:q4cyb3ah25evrgcxpc3xaixwca