Por uma sociolingüística românica "paramétrica": fonologia e sintaxe

Fernando Tarallo
2015 Cadernos de Linguística e Teoria da Literatura  
Resumo: O presente ensaio busca sintetizar, no sentido de "capitalizar", parte do saber teórico acumulado pela teoria da variação e da mudança lingüísticas, tal qual proposta por Labov, em relação ao grupo românico ocidental de línguas, dentro da fonologia e da sintaxe. Os resultados obtidos a partir das análise do francês canadense, do espanhol das Américas e do português do Brasil recebem, por sua vez, uma leitura "parametrizada", buscando-se aproximar esse saber teórico da variação e da
more » ... variação e da mudança às conquistas do modelo paramétrico, recentemente emergente na sintaxe chomskiana. Neste sentido, o ensaio procura demonstrar a compatibilidade entre as análises propostas pelo paradigma laboviano e pelo quadro teórico chomskiano.Abstract: This essay tries to sum up, in the sense of "capture", part of the theoretical knowledge accumulated by the theory of language variation and change, as proposed by Labov, on the West Romance group of languages, both in phonology and syntax. The results obtained from the analyses of Canadian French, Spanish in the Americas, and Brazilian Portuguese are then "parametrically" considered in the light of the theoretical knowledge to be found in the recently developed parametric raodel, as proposed by Chomsky. To that end, the present essay tries to demonstrate how compatible the analyses developed by either the Labovian paradigm or the Chomskian framework can be.
doi:10.17851/0101-3548.7.13.53-85 fatcat:m5dlulndcrgthpxwhaspzv3xkm